\ A VOZ PORTALEGRENSE: A vingança serve-se a frio

sexta-feira, janeiro 28, 2011

A vingança serve-se a frio


Mário Alberto Lopes Nobre Soares é um político de amores e ódios. E se hoje Manuel Alegre é o seu maior ‘ódio de estimação’, também em certa altura do passado Aníbal Cavaco Silva não deixou de ser o mesmo ‘ódio de estimação’.
Há cinco anos, Mário Soares sentiu-se atraiçoado pelo bardo, e desde então congeminou milhentas ‘petites revanches’… O artigo que escreveu no Diário de Notícias do passado dia 25 de Janeiro de 2011, é o ‘golpe de misericórdia’ no poeta de Águeda!
«Quando o PS resolveu apoiar o candidato que já tinha sido escolhido pelo Bloco de Esquerda, disse - e escrevi - que considerava isso um erro de Sócrates, grave, sobretudo, para o futuro do PS, visto que ia dividi-lo, como aconteceu.» – Assim Soares ‘arruma de vez’ com Manuel Alegre, politicamente falando.
Também não deixa de fazer referência ao facto de Cavaco Silva não ter cumprimentado os adversários políticos, quando escreve: – «Estranho e lamento que o candidato Cavaco Silva não o tenha feito, no passado domingo, em relação aos seus adversários. Como aliás lamento os dois discursos que proferiu no momento da vitória. Em lugar de ser generoso e magnânimo para com os vencidos, foi rancoroso. O que, além de lhe ficar mal, quanto a mim, representa um erro político grave que divide Portugal precisamente quando mais o devia unir.»
Mas há muito que se sabe que quanto a tolerância e educação, Cavaco Silva ‘diz nada’.
Mário Casa Nova Martins
facebook.com/Mario.Casa.Nova.Martins

Free web page counter