\ A VOZ PORTALEGRENSE: Jaime Nogueira Pinto - O Islão e o Ocidente

quarta-feira, maio 27, 2015

Jaime Nogueira Pinto - O Islão e o Ocidente

*
O sentido último da história não deriva apenas
da mera consideração do passado.
O ópio dos intelectuais, Raymond Aron

O livro contém duas partes distintas. A primeira é uma cronologia histórica das relações entre o ocidente e o islão, alicerçada em bibliografia clássica. A segunda tem por base uma bibliografia recente e nela é feita a análise interpretativa dos factos. Este dualismo torna «O Islão e o Ocidente – A Grande Discórdia» numa leitura com forma e conteúdo.
O Autor, Jaime Nogueira Pinto, foi após o golpe pretoriano de abril de 1974 um “derrotado da história” que soube ver e interpretar os sinais dos tempos, sendo hoje, a par de António Marques Bessa, referência maior da Direita intelectual portuguesa.
A Direita pouco tem produzido em termos de Pensamento nas últimas quatro décadas nas áreas da Filosofia e do Direito, com a excepção nas Ciências Sociais e estas a nível académico, ao ponto de ser a Esquerda a ´pensar´ a Direita, com as graves consequências que tal facto acarreta.
Todavia, em termos de História há trabalhos de grande valor e rigor. É nesta categoria que se insere esta última obra de Nogueira Pinto.
Para um conhecedor da História do Médio-Oriente, a primeira parte, que vai até ao capítulo IX, é um resumo da história dos tempos e das relações com o Ocidente. Não são esquecidos os principais momentos e acontecimentos, e fica-se com a noção real de antecedentes e consequentes.
Diga-se que a paixão do Autor pelo cinema acompanha a obra, ao trazer filmes como ajuda à compreensão e interpretação de épocas e factos. Poder-se-á questionar o rigor histórico desses filmes, algo que JNP não deixa, contudo, de em certas alturas referir.
A segunda parte tem o cunho pessoal do A., porque interpreta o que hoje se passa no Médio-Oriente. A visão de Jaime Nogueira Pinto do conflito do e no Médio-Oriente, é uma visão dir-se-á americanófila, pese embora as críticas que também faz aos EUA na forma como tem actuado e nas alianças que vai fazendo.
Hoje a Direita portuguesa não tem grandes referências em termos de geopolítica, quiçá, pela inexistência de um Pensamento fundamentado. Ao ser ‘pensada’ pela Esquerda, seja do ICS ou de outras áreas académicas ou não, como que a torna ´presa fácil’ de maniqueísmos, incapaz de pensar por si própria.
A análise que JNP faz da problemática que envolve a “Guerra das Civilizações” é um excelente caminho, princípio para futuros debates na área da História Contemporânea.
Os tempos são tempos que os tempos provarão serem tempos de mudança de paradigma, paradigmáticos.
 «Segundo algumas tradições apocalípticas, é em Megiddo, hoje parte de Israel, que se encontra o quartel-general do Anticristo. Toda a tradição esotérica judaico-cristã fala destes misteriosos lugares, perdidos e achados nos mapas da Terra Santa.» [cap. XI, pg. 237, ls. 26 a 29.]
Que a Profecia se não concretize!
«O Islão e o Ocidente – A Grande Discórdia» fica para a história como um livro de consulta, cuja actualidade se manterá para além dos acontecimentos que estuda e analisa. É um contributo importante para o ressurgimento de um Pensamento de Direita adaptado ao tempo presente.
Jaime Nogueira Pinto continua espectador atento da realidade que o cerca, e espectador comprometido com a sociedade a que pertence, na qual ele próprio é figura de referência.
Mário Casa Nova Martins
O ataque ao semanário Charlie Hebdo, em 7 de Janeiro, moveu e comoveu mais os europeus do que as mulheres escravizadas ou massacradas do Boko Haram na Nigéria, do que os egípcios coptas decapitados ritualmente, do que os cristãos crucificados às centenas no Iraque e na Síria. De onde vem toda esta desalmada violência, esta orgia de sangue e exibicionismo, a lembrar cenas da Antiguidade, limites da perversidade humana? Quem são os seus autores? Em que acreditam, o que querem e a que reagem? Alguém os comanda? De que fundas histórias e raízes vêm tão complexas divisões e seitas? Onde está a realidade e onde está o mito? Onde está a verdade e onde está o cliché?
*
Ficha detalhada: O Islão e o Ocidente
Autor: Jaime Nogueira Pinto
Editor: Dom Quixote
Data de lançamento: Maio de 2015
ISBN: 9789722057578
EAN: 978-9722057578
Nº Páginas: 368
Encadernação: Capa mole
*

Free web page counter