\ A VOZ PORTALEGRENSE: Os Mortos e a Paz Eterna

sexta-feira, maio 16, 2014

Os Mortos e a Paz Eterna

Os Mortos no Cemitério de Portalegre
não têm direito ao Eterno Descanso?
 *
*
Este anúncio saiu há muito no semanário Alto Alentejo. A data é 25 de setembro de 2013.
Diria que terá passado despercebido à maioria dos interessados, neste caso dos familiares dos defuntos.
Muitos dos nomes citados são conhecidos. De muitos, conheço descendentes vivos. Alguns, os seus nomes e apelidos são pertença da História de Portalegre. E de outros, nada sei.
O importante é esta parte do texto:
_ «…, foram declarados prescritos as sepulturas perpétuas, ossários, jazigos de capela, catacumba e parede a seguir indicados… »
E segue-se um rol enorme de nomes.
De certa forma, sou parte interessada neste caso. Embora não conste da lista o nome de nenhum familiar meu, a verdade é que tenho em posse documentos de pertença de uma sepultura perpétua e de um ossário.
Ambos foram comprados por meus familiares directos, e na qualidade de perpétuos. Ou assim era julgado.
Agora, da leitura deste anúncio datado de 25 de setembro de 2013, infere-se que afinal nada é perpétuo no Cemitério Municipal de Portalegre.
Esperei este tempo para publicamente dele falar, na expectativa de encontrar notícia ou ter informação mais detalhada desta problemática.
É que, se nenhum Defunto tiver familiar que esteja à guarda da documentação comprovativa da posse da sepultura ou outro caso, o que irá acontecer aos seus Restos Mortais?
Fica esta pergunta.
Mário Casa Nova Martins
*
*

Free web page counter