\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos, 2014/2015 - I

terça-feira, setembro 23, 2014

Desabafos, 2014/2015 - I


«Portugal em ruínas», de Gastão de Brito e Silva, é o último título da “Colecção Retratos da Fundação”, editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos.
O livro é um retrato de quanto mal tratado é pelos portugueses o património eclesiástico, militar, civil e industrial.
Das sessenta e quatro fotografias que compõem o livro, duas são de edifícios do distrito de Portalegre, concelho de Elvas, concretamente a décima sétima e a vigésima quarta, ambas do património militar, o Castelo de Barbacena, construção militar de origem pré-romana, e o Forte da Graça, também designado Forte do Conde de Lippe datado do século XVII.
Por certo o autor das fotografias pouco ou nada andou pelo distrito de Portalegre, a começar por visitar a sede do distrito, na qual o seu património está votado ao abandono.
Se é doloroso ver o estado em que se encontram as frontarias das principais igrejas de Portalegre, a começar pela sé catedral, a par com os antigos conventos e mosteiros, triste é ver como se encontram os edifícios ainda há pouco tempo industriais, o edifício da antiga Câmara Municipal, e por todo o centro histórico, casas abandonadas e a cair.
Dir-se-á que o mesmo desrespeito pelo património acontece por todo o Portugal, e é verdade. Contudo, de todas as cidades e vilas do distrito de Portalegre, não é difícil identificar a sede de distrito como a mais degradada.
Desgostosamente se constata que a par de uma cidade triste, as suas ruas são sinónimo de abandono, seja pelo estado das casas, seja pelo estado do piso ou pela não limpeza.
A sociedade civil de Portalegre mostrou que existia e estava viva ao afastar os partidos tradicionais da gestão do município. Agora é tempo de se manifestar a favor da recuperação patrimonial de Portalegre.
 in, Rádio Portalegre, Desabafos, 22/09/2014
Mário Casa Nova Martins
*

Free web page counter