\ A VOZ PORTALEGRENSE: Mário Silva Freire

quinta-feira, abril 01, 2010

Mário Silva Freire

CRÓNICAS DE EDUCAÇÃO
.
.
A importância dos líderes
.
Um líder é alguém que, pelas suas características e capacidades, é capaz de influenciar um grupo. O líder, seja ele de uma empresa, de um clube de futebol, de uma escola, de um país…, consegue desafiar os liderados a contribuírem voluntaria e empenhadamente para alcançarem os objectivos a que se propôs. Se a influência que exercer for de tal modo positiva, ele consegue transformar as dificuldades em oportunidades de desenvolvimento da organização que lidera.
Numa turma há, de um modo geral, um ou dois alunos que, mercê de diferentes circunstâncias, têm características e capacidades que os levam a serem ouvidos pelos outros e conseguem exercer algum poder de influência dentro e fora da sala de aula. Acontece que a figura do delegado de turma recai, frequentemente, neste tipo de alunos, embora, haja, por vezes, situações de excepção.
Ora, interessa ao director de turma e aos professores saber quais são os alunos que maior influência exercem na turma. Uma observação cuidada dentro e fora da sala de aula pode dar indicações para essa identificação. Existem, contudo, processos, com base na sociometria, que permitem ao psicólogo escolar ajudar o director de turma a distingui-los com mais rigor.
O trabalho com estes alunos, em que se lhes manifestaria confiança, chamando-os a colaborar em algumas tarefas, conferindo-lhes pequenos poderes dentro da sala de aula no âmbito da organização dos espaços, no desenvolvimento de actividades da turma dentro e fora da sala e da escola, poderia constituir um recurso eficaz na mudança de comportamento de uma turma indisciplinada e contribuir para a consecução dos objectivos da escola.
Alguns desses alunos líderes estão, por vezes, na origem de comportamentos indisciplinados. Mas sejam ou não o foco de indisciplina, eles poderiam sempre constituir-se, se convenientemente esclarecidos sobre o papel que lhes cabe no processo da liderança, como um factor de estabilização do clima na turma e serem elementos activos na procura de soluções para a escola.
Mário Freire
.
in, O Distrito de Portalegre, 1 de Abril de 2010, p.8

Free web page counter