\ A VOZ PORTALEGRENSE: A Estrela Misteriosa

sexta-feira, setembro 26, 2008

A Estrela Misteriosa

Com o charuto na mão, o banqueiro Blumenstein, versão de 1947
*
Com o charuto na mão, o banqueiro Bohlwinkel, versão de 1966
*
Versão de 1947
*
Versão de 1966
*
Versão de 1947
*
Versão de 1966
*
Versão de 1947
*
Versão de 1966
*
Versão de 1947
*
Versão de 1966
*
A Estrela Misteriosa é um dos álbuns das Aventuras de Tintin mais discutidos. E tudo por causa do nome do banqueiro e da bandeira dos EUA.
O nome do banqueiro, Blumenstein, que é indiscutivelmente um nome de origem judaica, e a escolha dos EUA, através do símbolo que é a sua bandeira, não são de todo inocentes. Hergé queria, na personagem de Tintin, simbolizar a luta entre o Bem e o Mal, mostrando a rivalidade pelo progresso entre a Europa de Tintin e os Estados Unidos da América de Blumenstein.

Todavia, George Remi sucumbiu ao politicamente correcto.
Hoje no álbum o banqueiro chama-se Bohlwinkel, e o país terrorista é um país imaginário de nome São Rico.
Mas o nome do barco da expedição PEARY, Kentuchy Star, não muda. Mantém a tonalidade americana, no fundo, como também o nome do banqueiro mantém a tonalidade original.
Mário Casa Nova Martins 

Free web page counter