\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

segunda-feira, julho 02, 2007

Crónica de Nenhures

Forças Armadas
.
Para que servem hoje em dia as Forças Armadas Portuguesas? Há muito que acabou a Guerra Colonial, razão principal para a sua existência.
Esta é uma maneira simplista de ver o papel das Forças Armadas. Mas em muitos espíritos ela continua a prevalecer.
Portugal pertence já desde a Segunda República à OTAN. Dentro dela executa tarefas para as quais nem sempre está preparado, pelo que lhe têm sido atribuídas missões com um menor grau de perigosidade.

As Forças Armadas de Portugal são hoje para os Políticos do famigerado Centrão, o “parente pobre” do regime.
Progressivamente vão perdendo privilégios de ordem profissional, a par de uma não renovação ou modernização do seu material. Se é um facto que em número de pessoal é mais do que correcta a sua diminuição, por outro lado as carências de meios para executarem as tarefas para as quais as suas obrigações as mandatam é um crime político.

Desde o princípio da História que a indústria da Guerra é das mais rentáveis. A agressividade do Homem faz com que ela seja sempre lucrativa.
Com a profissionalização dos Exércitos, os Militares, em Roma chamavam-se Mercenários, têm que ter um alto grau de instrução para desempenharem cabalmente as missões para as quais foram contratados.
É desta forma que hoje tem que ser encarada a própria Guerra. E os Militares portugueses em missão no estrangeiro disso são exemplo.
MM

Free web page counter