\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos 2013/2014 - I

terça-feira, outubro 29, 2013

Desabafos 2013/2014 - I

É bem certo, é bem verdade que nem sempre o que se anuncia irá acontecer. Como primeiro exemplo, quem se não lembra da profecia de meteorologistas franceses, segundo a qual o verão de 2013 seria dos mais frios desde que havia registos.
E aconteceu justamente o contrário.
As eleições são sempre, graças às sondagens, uma caixinha de surpresas. Se bem que na noite eleitoral todas as empresas de sondagens, sem exceção, acertaram nos resultados, a verdade é que nunca assim foi, e quando foi, são exceções.

Ora, no distrito de Portalegre, as certezas quanto a vitórias eleitorais autárquicas, como que antecipavam vitórias para todos. Mas não foi assim que aconteceu. Globalmente o PS ganhou, o PCP e o PSD perderam, assim como o BE e o CDS.
Mas se houve perdas e ganhos de todas as partes, diga-se que no plano psicológico todos perderam.
O PS não reconquistou a capital de distrito, «a joia da coroa», e o PSD perdeu-a. O CDS foi varrido de Portalegre concelho. O BE tornou-se residual. A poderosa ‘máquina’ autárquica do PCP sofreu fortes rombos.
Desta forma, a grande vencedora no distrito de Portalegre foi a ganhadora lista dita independente ao concelho de Portalegre. Nenhuma sondagem realizada dava tal resultado!
E diga-se que lá longe, por Buenos Aires, alguém sentiu-se também vencedor. Maria Eva Duarte de Perón, Santa Evita, ou simplesmente Evita, como que ressuscitou num dia cinzento, com alguma chuva mas sem nevoeiro sebastiânico.
Uma terra, por onde há muito deus não passa, foi abençoada pelo milagre da multiplicação de votos, alcançando-se mesmo uma maioria absoluta.
Também Evita se sentiu miraculada!
in, Rádio Portalegre, Desabafos, 28/10/2013
Mário Casa Nova Martins
http://www.radioportalegre.pt/index.php/desabafos/mario-casanova-martins.html

Free web page counter