\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

segunda-feira, agosto 25, 2008

Crónica de Nenhures

29.ª Olimpíada da Era Moderna – Pequim
.
Dadas as circunstâncias, Portugal esteve “bem” em Pequim. Pode mesmo dizer-se que os atletas portugueses obtiveram bons resultados. Claro que há excepções, mas de acordo com as tais circunstâncias, país sem grande prática desportiva, instalações medíocres, factos indesmentíveis a par de uma excessiva politização dos próprios atletas, mas essas excepções “servem” para que no futuro situações menos correctas, sérias, sejam corrigidas e eliminadas.
Mas não pode ficar em claro a série de “penduras” que se deslocaram a Pequim, sem que a sua presença fosse indispensável. Desde políticos a antigos atletas, passando pelo “trintão” presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), aquelas presenças são “decoração” que se dispensava.
Há trinta anos no COP, já é tempo de Vicente Moura “zarpar”! Com as “promessas” de Medalhas que fez à partida e as declarações que proferiu ao longos do Jogos, não tem “espaço” para continuar à frente do COP. Mas estamos em Portugal, país de “brandos costumes”…
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter