\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos 2017/2018 - XI

terça-feira, fevereiro 27, 2018

Desabafos 2017/2018 - XI

Ser-se Cristão hoje na Europa é um acto de coragem. Esta Europa há muito que foi tomada por um materialismo que corrói os pilares da sociedade e da cultura europeia.
Os fundamentos da cultura europeia eram a Tradição grega, romana e cristã, alicerçada em Valores como a Família e a Vida, ligados à noção de Nação.
O materialismo tudo corrompeu. A Família foi desrespeitada, e mais grave ainda criaram-se diferentes conceitos de Família que são antinaturais. A Vida, seja o nascimento, seja a morte, deixou de ser respeitada, aborto e eutanásia tornaram-se crimes impunes. Só a Nação, contra ventos e marés, perdura, mas timidamente.
Aqueles pilares da sociedade, como o Estado e a Religião, que tinham que ser fortes, fazer frente aos ataques dos seus inimigos, estão minados.
A União Europeia, cujo cérebro é Bruxelas, é cada mais antieuropeia. Roma, que era a capital da Cristandade, cada vez mais se assemelha a uma ONG, uma Organização Não Governamental mundialista e materialista.
A UE quer o fim da Nação, em nome da Economia, e o papado jesuítico quer transformar a Igreja Católica numa seita de cariz marxista, elegendo como doutrina a sul-americana teologia da libertação.
Por tudo isto, se ser-se europeu na Europa de hoje começa a ser crime, ou em vias de criminalização, ser-se Cristão hoje na Europa é ser-se votado ao ostracismo, ou pior, ser-se um criminoso de delito comum.
Se na União Europeia a Nação ainda é a Esperança, o dique contra a intempérie, no Vaticano os fumos de Satanás reinam, o antipapa é o senhor dos infernos.
Rádio Portalegre, 26 de Fevereiro de 2018

Free web page counter