\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos 2016/2017 - III

terça-feira, novembro 07, 2017

Desabafos 2016/2017 - III

«Deus do universo, em quem vivemos, nos movemos e existimos, concedei-nos a chuva necessária, para que, ajudados pelos bens da terra, aspiremos com mais confiança aos bens do Céu. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.» (1)
Acabou-se de ler, ou se se quiser, de recitar a novíssima “Oração pela Chuva”, dada aos portugueses, e ao mundo, pelo Patriarcado de Lisboa, proposta pelo Cardeal-Patriarca, D. Manuel Clemente, a qual será empregue pelos sacerdotes cristãos, aquando da celebração da missa.
Em pleno século XXI, muito se saúda esta oportuna iniciativa do insigne prelado.
Esta notável iniciativa só podia vir da actual hierarquia da igreja católica, sempre ao lado de quem mais precisa, sempre longe do poder e dos poderosos, e tudo o resto.
É caso para dizer, como evoluiu a civilização. Longe vai o tempo em que os Índios americanos, na versão de Hollywood e dos livros de cowboys, tinham a sua “Dança da Chuva”!
Agora, graças à evolução civilizacional, e também graças ao actual patriarca da igreja católica Manuel Clemente, tem-se a “Oração pela Chuva”.
Quiçá, a diferença entre a “Dança da Chuva” e a “Oração pela Chuva” será pouca. Se é que haverá diferença.
Todavia, diga-se em abono da verdade, que as autoridades da meteorologia portuguesa tinham nas vésperas da apresentação da bendita “Oração pela Chuva” dito que as previsões do tempo para os próximos dias eram, precisamente, de chuva!
Sempre há desmancha-prazeres, ou quem não acredite em milagres.
Mário Casa Nova Martins
Rádio Portalegre, 06-10-2017
_
(1) Proposta de oração pela chuva:
http://www.patriarcado-lisboa.pt/site/index.php?id=8213

Free web page counter