\ A VOZ PORTALEGRENSE: Portalegre - Autárquicas 2017 - VI

quarta-feira, fevereiro 01, 2017

Portalegre - Autárquicas 2017 - VI

*
Autárquicas 2017 – Portalegre – VI
*
CDS tempo de crescer
*
É fácil comentar depois de se conhecer os resultados eleitorais. Prever o que irá acontecer é que é mais difícil, a informação disponível é uma fonte para a análise, mas a previsão, tal como acontece com as sondagens, é sempre, dir-se-á, imprevisível.
Para não se falar do distrito, apenas se afirma que no concelho de Portalegre o CDS tem sido ao longo de sucessivas eleições autárquicas o parceiro eleitoral do PSD. Deste facto político, nunca o CDS teve ou tirou benefícios, porque, justamente, o PSD coliga-se com o CDS somente quando sabe que não vai ganhar as eleições. Quando o PSD sente que pode sair vencedor, estabelece contactos e posteriores conversações a fim de serem apresentadas listas conjuntas. Contudo, nas antevésperas do fim do prazo de apresentação das listas, quebra as negociações, para que o CDS, de um momento para o outro, se veja sem a possibilidade de num curtíssimo espaço de tempo elaborar as suas listas de candidatos. Assim, o PSD capta os votos do eleitorado do CDS, que debilitado concorrera.
Segundo afirmações produzidas por dirigentes concelhios do CDS de Portalegre, o CDS vai concorrer com listas próprias, o que afasta a malfadada coligação com o PSD. A ser assim, o PSD não vai ter a ‘muleta’ do CDS, e este atempadamente constituirá a sua lista de candidatos.
Porém, em relação ao acto eleitoral do próximo outono de 2017, o CDS tem um outro cenário, no qual pode, quiçá, ser mais útil ao próprio concelho de Portalegre.
O CDS pode vir a apoiar a recandidatura da actual presidente, num acordo político para o quadriénio, tendo nas listas do CLIP elementos seus em lugar representativo. Há um exemplo que o CDS e o CLIP podem seguir, que é o da candidatura, vencedora e que se prepara para voltar a vencer, portuense.
Todavia, seja qual for o caminho a seguir pelo CDS no concelho de Portalegre, uma vitória já alcançou, que é o manter a sua identidade em relação ao PSD.
Tudo o que acontecer no futuro é positivo para o CDS, que coloca o interesse do concelho de Portalegre em primeiro lugar.
*

Free web page counter