\ A VOZ PORTALEGRENSE: BLACK POWER À PORTUGUESA

terça-feira, fevereiro 21, 2017

BLACK POWER À PORTUGUESA

*
BLACK POWER À PORTUGUESA
*
Portugal, e principalmente a Cova da Moura, têm que se sentir honrados com a presença do conhecido activista norte-americano, Bob Brown.
Bob Brown é um dos líderes do "black power" e durante os últimos cinquenta anos tem apoiado centenas de movimentos, organizações e governos progressistas, um "bom" combatente, portanto.
Histórico militante dos «Panteras Negras», conhecido movimento do "bom" racismo, veio a Portugal à Associação Moinho da Juventude para participar num encontro foi promovido pela "Plataforma Gueto", no âmbito da chamada "Universidade da Plataforma Gueto", que teve lugar no passado dia 11 de Fevereiro.
A temática versava em como resistir à violência policial, com a oportunidade que se lhe reconhece.
A finalidade da dita Associação consubstancia-se em desenvolver um programa de formação política, baseado na ideia de educação popular, com o objectivo de formar uma base de entendimento para a emancipação de negros e negras.
A comunicação social, ou alguma dela, simpaticamente noticiou este evento da maior importância, se bem que não elucidou acerca de um eventual Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, à iniciativa.
Mas a comunicação social que fez reportagem, rendeu-se aos encantos do «Poder Negro», ao "bom" racismo. Basta lê-la. Abençoada seja!
E sibilinamente faz-se a apologia do racismo, negro, e o ataque às forças da ordem. Como é conveniente.
O "bom" racismo é justificável, devido à intrínseca maldade do "homem branco", ao colonialismo, ao fascismo, ao capitalismo, e a todos os ‘ismos’ possíveis e imaginários que caibam no divã psicanalítico desta sociedade sem Valores, sem Ética e sem Moral.
O apelo à violência destes não-violentos, destes ‘mansos’ que promovem a violência, é tratado com a candura dos pobres de espírito que acreditam em Rousseau, em Marx, e principalmente no Multiculturalismo, a maior praga deste ainda curto século XXI.
_______
Fonte da Notícia:

Free web page counter