\ A VOZ PORTALEGRENSE: Tintin no País dos Sovietes

sexta-feira, janeiro 27, 2017

Tintin no País dos Sovietes

*
Tintin no País dos Sovietes
*
Uma primeira edição de 300.000 exemplares numa edição normal, mais 50.000 numa edição de luxo, datadas de 11 de Janeiro de 2017. O nosso tem o número 16.283 da edição de luxo.
Tintin não seria Tintin, ou Hergé não seria Hergé, se não houvesse polémica em torno do ‘herói’ e do seu criador. A última tem a ver com a edição a cores da primeira aventura de Tintin.
Em testamento, George Remi proibiu a continuação das aventuras de Tintin. Assim, o último álbum é «Tintin e os Píacros», não considerando o inacabado «Tintin e a Alph-Art».
Agora os testamentários acordaram na edição a cores daquela e notável primeira obra, mantendo o texto e tudo o mais.
Para os Tintinófilos, nada é superior à edição original, contudo há que dizer que esta edição a cores é muito importante para todos os leitores de Tintin, porque, principalmente para os mais novos, a introdução da cor é um elemento importantíssimo.
Mantendo os desenhos e os diálogos, «Tintin no País dos Sovietes», mantém a sua importância, agora acrescentada pela cor, no imaginário do anticomunismo, que hoje, para os europeus, é coisa de um passado a esquecer, mas que é preciso ter sempre presente o que foi a governação dos sovietes, e o que dela resultou não só para o povo Russo, mas também para a Europa e para o Mundo.
A primeira edição portuguesa em álbum de «Tintin no País dos Sovietes» teve a chancela da extinta Editora Verbo em 2 de Dezembro de 1999.
Antes, na década de oitenta, a revista «Tintin» começou a editar esta aventura, mas o seu fim impediu que fosse completamente editada. As primeiras pranchas surgiram no número 12 (15º ano), de 31 de Julho de 1982, sem merecerem qualquer chamada de capa. A aventura interrompe a sua publicação com a da própria revista alguns meses mais tarde, naquele que foi o seu último número, com data de 2 de Outubro.
Mais tarde, numa parceria entre o jornal Público e a editora ASA, sai uma segunda edição em 20 de Fevereiro de 2004. A terceira é exclusiva da ASA e num formato mais pequeno que o das duas anteriores, em Junho de 2010. Fica-se à espera que a mesma ASA, hoje a editora da obra de Hergé em Portugal, edite este único álbum a cores.
Recorde-se que esta primeira aventura de Tintim foi iniciada em 10 de Janeiro de 1929 no «Le Petit Vingtiéme».
Mário Casa Nova Martins
https://www.amazon.fr/Tintin-Pays-Soviets-Couleur-Luxe/dp/2203136812/ref=sr_1_2?ie=UTF8&qid=1485447694&sr=8-2&keywords=tintin+au+pays+des+soviets
*
*

Free web page counter