\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos 2016/2017 - VI

terça-feira, novembro 22, 2016

Desabafos 2016/2017 - VI

Mais de 80% dos portugueses consideram que o Estado sofre influências indevidas de pessoas com grande poder económico, revela o Barómetro Global da Corrupção publicado, na passada quarta-feira dia 16 de Novembro, pela Transparency International.
Também, 51% dos portugueses vê a corrupção como o principal problema a merecer a atenção dos responsáveis políticos
O inquérito revela ainda que uma das principais causas para a falta de eficácia no combate à corrupção em Portugal é o medo de represálias, com 56% dos portugueses a admitirem tratar-se da principal razão pela qual os cidadãos não denunciam suspeitas de corrupção às autoridades.
Também, 48% dos portugueses considera que a corrupção piorou em Portugal no último ano.
Claro que o inquérito aborda muitos mais temas desta problemática, mas, em linhas gerais este poderá ser um resumo de tudo o que ele contém.
Por muito que custe, os resultados eram ou são do conhecimento público. E o mais interessante é que passados, como diz o povo, «os três dias da lei», já ninguém fala deles ou a eles se refere, o que prova que a corrupção deixou de ser um fenómeno estranho à sociedade para passar a ser, utilizando uma expressão popular, «o pão-nosso de cada dia»!
Por fim, e se fosse dito à população de um concelho que o Orçamento para o ano de 2017 iria ser aprovado com a abstenção do PCP, em troca de um lugar de «director de departamento» e de um lugar de «técnico superior de cultura» na autarquia, acreditar-se-ia?
“O Portugal profundo” tem destas coisas. Vá lá saber-se porquê!
Mário Casa Nova Martins
Rádio Portalegre, 21 de Novembro de 2016

Free web page counter