\ A VOZ PORTALEGRENSE: Março 2013

sexta-feira, março 29, 2013

Páscoa - 2013

Boa Páscoa
Mário Casa Nova Martins

terça-feira, março 26, 2013

Plátano- Revista de Arte e Crítica de Portalegre

Estão a chegar os Textos para a revista, que irá sair no próximo mês de Maio.
Por esse facto, nestes tempos «A Voz Portalegrense» irá ter poucas atualizações.
Agora é o tempo de começar a paginar a «Plátano».
Mário Casa Nova Martins

segunda-feira, março 25, 2013

Fernando Correia Pina

Dia após dia

Dia após dia, à mesma hora,
passo nos mesmos sítios, cumprimento
as mesmas pessoas. Sei agora
que um cigarro aceso em movimento
dura desde a esquina do Café Alentejano
até à porta de casa.
Tornei-me pateticamente previsível
nos dias úteis. Invisível nos outros,
nos fins de semana em que fico em casa
a pensar nas coisas que tenho para fazer
e nunca faço.
Padeço de niilismo intermitente:
cedo ou tarde, penso, ninguém saberá
quem fui ou que aspecto tinha
e eu não serei nada.
Às vezes ao cruzar o largo da sé
tenho a sensação de não existir
se ninguém estiver a olhar para mim
a não ser aquele vulto atrás das vidraças
da catedral que talvez seja deus
preocupado com os pombos que lhe estragam
os telhados da casa.
Mas é tudo indistinto.
Talvez que um dia
o vento me cole um papel ao rosto
e nesse papel esteja escrita
uma qualquer banalidade
que me faça sorrir e atravessar
triunfalmente as Portas do Crato
deslumbrado com a leveza das nuvens barrocas
que pairam sobre a Penha
e a minha alma, finalmente,
se reconcilie comigo e eu com o mundo.

sexta-feira, março 22, 2013

Deflação

Em fevereiro, a taxa de inflação homóloga, isto é, face a igual período do ano anterior caiu para -0,03% (tinha sido 0,2% em janeiro), saindo de valores positivos pela primeira vez desde 2009.
Com a queda no consumo, muitas empresas têm congelado e até diminuído o preço dos bens.
Segundo o Instituto Nacional de Estatística, é no setor do vestuário e do calçado que estes casos mais ocorrem.
Por deflação entende-se o processo inverso à inflação, uma diminuição do índice de preços no consumidor, uma queda de preços. Vive-se, pois, presentemente em deflação. Sinais dos tempos.
Mário Casa Nova Martins

terça-feira, março 19, 2013

Desabafos

Hoje, terça-feira dia 19 de Março celebra-se o Dia do Pai. A igreja católica neste dia celebra São José.
Tempos houve em que esta data tinha um valor ao qual o aspeto material lhe era secundário, acessório.
Nos dias e tempos que correm, esse significado de honrar o Pai deu lugar a um mercantilismo em torno de algo que nada tem a ver com o tradicional conceito de Família.
A Família é um dos principais embriões e padrão de uma qualquer sociedade. Mas os ataques que a Família sofre, justamente porque é um elemento civilizacional, tornam a figura da Mãe e do Pai, o seu núcleo primacial, o alvo preferido do Hedonismo, do Materialismo das dominantes correntes do pensamento atual. Nada do que é dito e feito contra a instituição Família, acontece sem que por detrás exista um objetivo determinado, que é a sua destruição.
A fraqueza da igreja católica, ela que é a grande defensora da Família, associada às lutas pela sua destruição enquanto baluarte de uma Ética e de uma Moral que vai contra o Materialismo que cada vez mais modela as relações humanas, faz com que a Família seja hoje algo que contribui também para a destruição da Civilização, fazendo regredir a Humanidade.
A defesa da Família, na aceção cristã, é imperiosa e fundamental!
Neste Dia do Pai, Dia de São José, recordo com todo o carinho e saudade o meu Pai. E, eu que também sou Pai, orgulho-me dos Filhos que tenho.
in, Rádio Portalegre, Desabafos, 17/03/2013
Mário Casa Nova Martins

segunda-feira, março 18, 2013

Fernando Correia Pina

Fim-de-semana com gato
*
O gato é um silêncio
 
O gato é um silêncio que caminha
um enigma embrulhado em pelo fino
senhor de uma casa que é a minha
inesperada prenda do destino;
o gato é um sonho entrecortado
por vigílias intensas, passageiras,
criança tonta de gesto afiado
cavalheiro grave dado a brincadeiras.
Ó fantasma de olhos planetários
macia aparição em movimento
companheiro das horas solitárias
em que todo o mundo reinvento:
fica junto de mim até ser dia,
gato, meu mestre de sabedoria.
*
O gato cabalista

Eu olho o bicho ao sol e digo gato
e penso que há alguém atrás de mim
que ouve a palavra gato e diz um nome
que é o nome da palavra gato.
E esse que sabe os nomes das palavras
esse que pressinto atrás de mim,
é o Altíssimo.

terça-feira, março 12, 2013

Plátano - Revista de Arte e Crítica de Portalegre

Estão a chegar os Textos para a revista, que irá sair no próximo mês de Maio.
Por esse facto, nestes tempos «A Voz Portalegrense» irá ter poucas atualizações.
Agora é o tempo de começar a paginar a «Plátano».
Mário Casa Nova Martins

segunda-feira, março 11, 2013

Patrícia Azevedo

Patrícia Azevedo vende no 'Custo Justo' e em 'olx'.
*
peluches- 2 por 3 euros
dvds de filmes - 2 euros cada um
tunica rosa- 5 euros
livro de camilo castelo branco- a queda dum anjo -8 euros
colecção de historicos classicos da literatura internacional e 
nacional - 80 euros (negociavel)
*
Está tudo no '
olx' e 'Custo Justo' em Portalegre.

sexta-feira, março 08, 2013

Volta

Um dia espero que me respondas
A quê? A tudo, sem calar,
Não, eu não quero mais ondas
Apenas saber com o que contar.
Não te escondas, por favor
Diz-me, ao menos por uma vez,
Se em ti ainda existirá dor
Em mim há dúvidas e porquês.
Não te cales, não é o caminho
Hoje, peço-te, volta a acreditar,
Sabes, sinto-me tão sozinho
O passado não mais irá voltar!
 
Derrubemos muralhas, se necessário
Esqueçamos tudo o que nos divide,
Ignoremos todo e qualquer fadário
Aproveite-se o momento que se vive.
Será assim tão difícil nos reencontrar
Ainda que obstáculos temos a destruir,
Não sei dizer até quando iremos pagar
Por erros passados e continuar a fugir.
A todos os deuses o que lhes pedimos
Nesta longa quanto angustiante espera,
Que este inverno interior que sentimos
Se transforme de novo em primavera!
Mário Casa Nova Martins

quinta-feira, março 07, 2013

IDL - Instituto Democracia e Liberdade

*

quarta-feira, março 06, 2013

Desabafos

O «Portal da Opinião Pública» (POP) é o novo projeto da Fundação Francisco Manuel dos Santos e do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade de Lisboa. Esta base de dados acrescenta às já conhecidas estatísticas da «Prodata», a dimensão dos estudos de opinião realizados nos últimos 20 anos em 29 países europeus.
O «POP» centraliza a informação disponível num único site, em www.pop.pt.
Desta informação, importa referir dois assuntos, um relacionado com a Democracia e o outro com a Justiça.
Tratando apenas o caso português, em relação à “Satisfação com a Democracia”, de 1 (nada satisfeito) a 4 (muito satisfeito), em 1990 os portugueses davam um valor de 2,7, em 2000 o de 2,5, e em 2012 o de 2.
Assim, em 2012 apenas metade dos portugueses está satisfeito com a Democracia.
No caso da justiça, a situação é bem pior.
Se em 2003 a “Confiança na Justiça” rondava os 50%, em 2010, último valor conhecido, essa confiança estava nos 28%.
Não será despiciendo dizer que hoje em Portugal, idos de Março de 2013, a “Satisfação com a Democracia” está abaixo dos 50%, e que a “Confiança na Justiça” tem um valor inferior ao do final da primeira década do século XXI.
Vive-se presentemente em Portugal um clima de pré-insurreição popular. A par do justo descontentamento dos portugueses face à crise do Estado, fruto da sua falência económica e social, há movimentações extremistas no sentido de criar instabilidade governativa, a fim de provocar o regresso aos tempos do famigerado PREC.
As mesmas forças totalitárias que então em três momentos, 28 de Setembro de 1974, 11 de Março de 1975 e 28 de Novembro de 1975, tentaram instaurar uma Ditadura, estão hoje mais determinadas do que nunca em ‘amanhãs que cantam’.
in, Rádio Portalegre, Desabafos, 19/02/2013
Mário Casa Nova Martins

terça-feira, março 05, 2013

III República e Selvajaria

Isto é uma selvajaria! Mas quando o Panteão Nacional acoita um regicida, Aquilino Ribeiro. Quando um judeu, Guerra Junqueiro, apela ao assassinato do Rei, o caçador Simão, e é elevado a herói nacional. Já nada espanta.
Esta Terceira República está ao nível de um bordel da pior fama.
E o primeiro-ministro congratula-se por antidemocraticamente ter sido impedido de falar em plena Assembleia da República, ao som de uma música/canção que simboliza, que é o hino da extrema-esquerda totalitária.
E a selvajaria que é o coelho morto e enforcado por uma corda num pau, ninguém tem a coragem de denunciar!
Mário Casa Nova Martins

segunda-feira, março 04, 2013

H. G. Wells - A Vida Futura

Daqui a Cem Anos / A Vida Futura (H.G. Wells, Things to Come / The Hundred Years to Come, 1936), de William Cameron Menzies e Alexander Korda
*
Herbert George Wells não gostou de «Metropolis» de Fritz Lang, nem da visão do futuro que este filme propunha e a sua resposta foi «Things to Come», adaptado para o cinema por William Cameron Menzies, com argumento do próprio H. G. Wells. Como tantos outros filmes de futurologia, «Things to Come» imagina um futuro não muito risonho, em cenários típicos do “ano 200”, tal como o previam em 1936 o cinema e a banda desenhada.
O guião foi escrito por H. G. Wells e Lajos Biro, numa adaptação de duas obras de Wells: «The Shape of Things to Come», de 1933, e um trabalho não-ficcional que escreveu em 1931, «The Work, Wealth and Happiness of Mankind». O filme tem sido considerado, pela crítica, como a primeira superprodução no género de ficção científica, com cenários grandiosos, efeitos especiais e figurino detalhado.
Qual era a visão do futuro em 1936? Baseado no enigmático livro de H. G. Wells, este clássico da ficção científica percorre 100 anos de história, desde a Segunda Guerra Mundial até ao ano de 2036. Ao longo do tempo, o mundo vai sofrendo transformações e a humanidade evolui apressadamente.
Mas quando um homem tenta chegar à lua, uma violenta revolução torna-se iminente.
No fundo este filme é uma Distopia, o Progresso conduziu a um paraíso concentracionário, onde até a luz do Sol é dispensável.
Atual. Imperdível!
Mário Casa Nova Martins
*
*

domingo, março 03, 2013

Nos 30 anos da morte de Hergé

Georges Prosper Remi, Hergé
(22 de Maio de 1907, Etterbeek - 3 de Março de 1983, Bruxelas)
*
Passa hoje o trigémino aniversário da sua morte.
A sua Obra perdura e perdurará!
Uma data que nunca esquecemos.
Esteja onde estiver, Hergé continua presente em nós.
Mário Casa Nova Martins

La Aventura de la Historia

Março de 2013.
Destaque para a independência da Catalunha com o texto «Cataluña - Separados por un día», tema de grande atualidade.
Mário Casa Nova Martins

sábado, março 02, 2013

Expulsos

No rescaldo da Segunda Guerra Mundial, a Europa foi o cenário de uma transferência forçada de população em grande escala.
Milhões de alemães que vivem na Checoslováquia, Hungria e Polónia, foram deslocados das suas casas e enviados para viver entre as ruínas do Reich.
Estas expulsões que ocorreram entre 1945 e 1947, foram organizadas pelas autoridades dos países em questão, com a ajuda dos britâni...
cos, soviéticos e norte-americanos.
Foram entre 12 e 14 milhões de pessoas, a maioria mulheres e crianças, e as expulsões foram realizadas com tal brutalidade que elas causaram muitas vítimas.
Pelo menos 500.000 deportados morreram em campos de trânsito, onde se reuniam durante a viagem, ou quando chegam na Alemanha, exaustos, com fome e desabrigados.
Este trágico episódio aconteceu em plena luz do dia, à frente de jornalistas, diplomatas, trabalhadores humanitários e de vários observadores.
Os seus efeitos são ainda visíveis na Europa e no mundo de hoje. No entanto, fora da Alemanha, está quase completamente esquecido. É esta lacuna que este livro histórico pretende preencher.
 _______

sexta-feira, março 01, 2013

CDS em Portalegre

Estamos já em Março, e aqui no concelho de Portalegre nada se sabe do CDS! Para não se falar do distrito.
Vai concorrer às eleições autárquicas do próximo outono?
Não é uma pergunta de retórica, mas sim uma questão que coloca o seu Eleitorado de Portalegre.
Começa o tempo a escassear para uma candidatura credível do CDS no concelho de Portalegre!
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter