\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos 2013/2014 - IV

terça-feira, dezembro 10, 2013

Desabafos 2013/2014 - IV

A História de Portalegre não é rica em factos e também em pessoas. Ao longo dos séculos, pouca importância teve política e militarmente. Alcançou importância económica quando teve indústria e serviços. Nas ciências, nas artes, no desporto e nas letras não tem figuras de nível nacional, apenas local.
Mas houve um tempo em que na área das artes teve notoriedade, justamente no Teatro.
Há um livro, esgotadíssimo como tudo o que diz respeito a Portalegre na área livresca e que tem valor, intitulado «Teatro em Portalegre» de José Martins dos Santos Conde, datado de 1989, onde de forma sumária se historia e se prova a importância que salas e companhias teatrais tiveram para a cultura em Portalegre, cidade e região.
É evidente que hoje os tempos são outros, e que é impossível repetir aquele período, mas a verdade é que o interesse pelo teatro em Portalegre continua vivo, e se não é maior é porque não há ligação entre a população e o próprio teatro, sempre muito politizado, com forte carga ideológica.
Lê-se na página 15 do livro «Teatro em Portalegre» que «O Teatro Portalegrense é o mais antigo edifício de Portalegre expressamente construído para espectáculos dramáticos». E sabe-se que com o nascimento do cinema, o Teatro Portalegrense passou também a exibir filmes, primeiro mudos, depois sonoros, e por fim, teatro e cinema, por ele passando as melhores companhias teatrais e os melhores filmes da época.
Hoje, o Teatro Portalegrense está à venda. Só uma entidade pública como a Câmara Municipal de Portalegre, pode ser parte nesse negócio imobiliário, que vai muito para além da compra de um imóvel. E haverá modalidades que podem ajudar essa aquisição, sejam elas nacionais ou sejam comunitárias
O Teatro Portalegrense faz parte da História da Cultura em Portalegre. É importante que volte a desempenhar o papel para o qual foi criado.
Que o Teatro Portalegrense volte a ser de Portalegre!
in, Rádio Portalegre, Desabafos, 09/12/2013
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter