\ A VOZ PORTALEGRENSE: Luís Filipe Meira

domingo, outubro 06, 2013

Luís Filipe Meira

I Had a Dream. The Impossible Dream!
 
Luís Filipe Vieira teve um sonho. Ficar na história do Benfica como o presidente que devolveu aos encarnados a hegemonia no futebol português e, como não faz as coisas por menos, pensou ainda vencer a Liga dos Campeões, aproveitando o facto da final, esta época se disputar no Estádio da Luz.
Para isso apostou o dobro ou nada. Abdicou da oferta da Olivedesportos e trouxe os jogos em casa para a Benfica TV. Manteve a totalidade da equipa da época passada que tinha dado boa conta de si e apenas necessitava de uma maior consistência física e psicológica. Investiu forte num banco de suplentes à altura do onze base. Contra ventos e marés manteve Jorge Jesus, um self-made-man à sua imagem, que gosta mais de fazer do que pensar e confiou que os problemas, que os havia, se resolveriam por si.
Só que o Benfica é um tigre de papel e o cenário perfeito, que tinha tudo para dar certo, transformou-se em tempestade perfeita de consequências imprevisíveis, aconteça o que acontecer no Estoril.
Mas o sonho é uma constante da vida, dizia o poeta, e acontece aos melhores.
Martin Luther King sonhou em fazer da América um paraíso onde negros e brancos vivessem em paz e harmonia, sem discriminação e com as mesmas oportunidades. E acontece aos outros.
Pinto da Costa sonha em chegar aos 100 anos como presidente do fcp a dormir com beldades de 20 anos e a recitar-lhes José Régio ao ouvido.
Passos sonha com o regresso aos mercados e com o despedimento com justa causa dos juízes do Constitucional.
Portas sonha…pesadelos. Seguro sonha ter maioria absoluta para poder vergar a troika. Cavaco Silva sonha com um governo PS/PSD/CDS.
Sonhar é fácil e (ainda) não paga imposto. Mas não basta sonhar. Há sonhos impossíveis. Vieira talvez ainda possa ficar na história do Benfica, apenas terá, como diz a canção de Shirley Bassey;
I just have to be me and I don't need to be / the stranger anymore I used to be / in my impossible dream.
Luís Filipe Meira

Free web page counter