\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos

quinta-feira, abril 04, 2013

Desabafos

E Chipre aqui tão perto! Sim, Portugal não está a conseguir controlar o défice do Estado. Nada indica, bem pelo contrário, que mais medidas de austeridade não venham a ser implementadas, quer pelo atual Governo liderado pelo PSD e pelo independente Vítor Louçã Gaspar, quer por um futuro Governo liderado pelo PS.
A crise na União Europeia, e principalmente na Zona Euro, está não para durar, mas sim para ficar. A forma de Estado que hoje vigora na União Europeia está condenada. Os Países do sul da Europa, Chipre, Espanha, Grécia, Itália e Portugal estão há muito em falência técnica. E a França para lá caminha.
Como diz o ditado popular, por esta situação, «a culpa vai morrer solteira». E a mais do que justa indignação dos portugueses está a ser instrumentalizada por forças políticas extremistas, que não apresentam a mais pequena solução, apenas fortes doses de demagogia.
Por muito que se diga, há a possibilidade de em Portugal se taxar depósitos para gerar receitas para o Estado. Os portugueses têm que se preparar para esta medida. A apreensão de hoje, a desconfiança que já existe, é legítima. O colapso da Zona Euro se em tempos era uma miragem, agora é cada vez mais possível.
Também a confiança na banca, se já era pouca, agora ainda é, se possível, menor. A qualquer momento, os portugueses podem ver desaparecer parte de uma vida de poupanças. Esta injustiça é na verdade um roubo, um roubo feito pelo Estado por culpa dos políticos que têm delapidado esse mesmo Estado. Esta Terceira República cada vez mais se assemelha com a Primeira.
O direito à indignação é hoje uma arma!
in, Rádio Portalegre, Desabafos, 02/04/2013
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter