\ A VOZ PORTALEGRENSE: Eleições na SCMP

quinta-feira, dezembro 15, 2011

Eleições na SCMP

Eleições na SCMP – IV
O futuro...
... com novas instalações?
O próximo mandato é sempre o ‘último’, o último do seguinte, a não ser que se percam as eleições. Mas quem está no poder é que as perde, e não é a oposição que as ganha. Nas próximas eleições na SCMP, que está fica, ganha, volta a ganhar ad aeternum.
Na citada entrevista da Provedora ao Fonte Nova está um parágrafo que resume todo o programa com que se volta a apresentar às eleições.
Nele começa por afirmar as suas convicções, e em seguida é dito que «a construção das novas instalações e a reconstrução do actual edifício impõe-se “como um sonho que quero muito concretizar”, “quero dar a dignidade merecida a esta secular instituição e a todos por ela são apoiados e nela trabalham, através de novas instalações, que, diga-se, são, a meu ver, o que lhe falta”».
É totalmente verdade que o grande problema da Santa casa da Misericórdia de Portalegre é as instalações. O factor humano, e disso já fizemos eco, é dedicado e competente. Mas é tempo de denunciar a insegurança das instalações.
Não compreendemos como a cozinha e a copa podem funcionar no local onde estão. Em caso de incêndio, por exemplo, as condições de segurança são as correctas? A sala de convívio, o refeitório está no local mais arejado e tem luz natural? O número de utentes por divisão, não lhe chamaremos quarto, é o correcto? E essa divisão, insistimos em não lhe chamar quarto, tem as condições mínimas exigíveis para que funcione para tal?
E está devoluto o Colégio Diocesano de Santo António e a maior parte do Seminário Diocesano, edifícios que, temporariamente até as obras se realizarem e concluírem, poderiam alojar os utentes da SCMP! Mas a demissão da igreja católica diocesana, proprietária dos imóveis e com responsabilidades nas Misericórdias, é completa. O habitual, diga-se sem rebuço.
É imperioso que a SCMP inicie o mais rapidamente possível a remodelação e a construção de novas instalações. A sociedade civil de Portalegre tem que congregar-se em torno deste desiderato, e por uma vez deixar de apenas ‘ficar a ver de longe’.
A Instituição SCMP é demasiado importante para Portalegre, pelo que merece que dela se fale, que se discuta, que se lute por ela.
Há que colocar um fim à politização da Instituição.
A actual Provedora tem que acreditar que há futuro na SCMP depois dela.
Será para sempre lembrada se conseguir levar por diante a promessa das novas instalações no próximo mandato.
Tal será claramente a sua ‘coroa de glória’.
E então terá dado por bem empregue tudo o que fez em vinte e um anos à frente desta notável Instituição.
Mário Casa Nova Martins
_______
Eleições na SCMP - I
Santa Casa da Misericórdia...
... ou a falta dela
.
Eleições na SCMP - II
.
Eleições na SCMP - III
Rumo à eternidade
.
Eleições na SCMP - IV
O futuro...
... com novas instações?
.

Free web page counter