\ A VOZ PORTALEGRENSE: 1.º de Dezembro de 1640 - em 2011

quinta-feira, dezembro 01, 2011

1.º de Dezembro de 1640 - em 2011

Indigitava-se para rei de Portugal, no caso da revolução triunfar, o duque de Bragança, de quem era procurador Pinto Ribeiro. No dia 1 de Dezembro de 1640, os conjurados correm ao paço, matam Miguel de Vasconcelos e, depois de prenderem a duquesa de Mântua, gritam ao povo, que se aglomerava na praça: «Liberdade! Viva o duque de Bragança, rei de Portugal!».
Ilustração: Carlos Alberto
Texto: António Feio
in, História de Portugal, APR
_______
Hoje celebra-se a Restauração. Hoje será, por certo, a última vez que o dia 1 de Dezembro é Feriado Nacional. Fraca gente, os Portugueses de hoje!
A Restauração é uma data cimeira na História de Portugal, e em 2011, mais do que nunca.
Hoje Portugal é um país ultraperiférico da Europa. O seu principal recurso natural é o Mar, o mesmo Mar que no passado fez de Portugal um País com História!
Pelo Mar fomos, no Mar deixámos sangue e suor, e Almas. No Mar encontrámos um Desígnio que nos fez Maiores entre os Maiores do Mundo conhecido e daquele que demos a conhecer.
Já fomos um Povo forte, uma Gente que não temia o Desconhecido, e que por ele se metia sem medos ou temores. Hoje nada somos! Tiraram-nos a Esperança, roubaram-nos o Futuro.
Simbolicamente escolhemos este cromo da nossa caderneta «História de Portugal». Num tempo em que a traição à Pátria é bem aceite pela classe política que temos, lembrar aos Portugueses a ignomínia, o fim do traidor Miguel de Vasconcelos é um acto patriótico.
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter