\ A VOZ PORTALEGRENSE: Eleições na SCMP

quarta-feira, novembro 16, 2011

Eleições na SCMP

Eleições na SCMP - II
Tudo como dantes?
Parece que nada vai mudar em relação ao futuro na Santa Casa da Misericórdia de Portalegre. Mas a candidatura já pública, e provavelmente a única, pelo menos ‘inverte’ a relação de forças políticas. Se até agora é o PS quem está à frente desta Instituição de Solidariedade Social, após o acto eleitoral será o PSD quem irá liderar. Quanto ao resto, há que aguardar a composição da lista. Mas dado o apagamento político por que passa o PS em Portalegre, não se antevê que possa vir a ter lugar ou lugares de destaque.
O que conhecemos o programa da candidatura social-democrata é apenas o que lemos no semanário Alto Alentejo do dia 26 de Outubro de 2011, da autoria da jornalista Patrícia Leitão.
Transcrevemos o terceiro parágrafo da introdução:
_ Segundo o candidato, o seu projecto assenta em quatro pilares – As Famílias dos Utentes; A Irmandade; a Segurança Social e a União das Misericórdias – e conta com quatro eixos de actuação: Acção Social, Gestão e Financiamento, Recursos Humanos e Comunidade.
Em seguida, todos estes pontos têm curto desenvolvimento. Mas em altura alguma se fala nas instalações, cuja degradação é notória vista do exterior. E no interior?
Todo o programa enunciado é totalmente exequível. Mas tal porque não é mais do que a continuação do que a actual direcção tem vindo a fazer!
Esperava-se uma qualquer inovação, principalmente que se falasse de obras nas actuais instalações ou a construção de um novo edifício. Mas nada que não esteja em curso na SCMP é dito.
É verdade que os tempos não estão para promessas, mesmo eleitorais. Mas, mesmo assim é a completa desilusão. ‘Mais do mesmo’, ‘evolução na continuidade’ poderão ser os lemas desta candidatura. O que, fortemente, lamentamos.
Face a este panorama, é tempo de falar nesta temática. Dela se fala em particular. Em Portalegre parece existir um medo do falar em voz alta, de se ter opinião e publicamente expressá-la. Temos publicamente dito, que face ao que acabámos de escrever, que criámos este blogue «A Voz Portalegrense» para termos um espaço de opinião própria, sempre assinada, onde assumimos as nossas ideias e forma de pensar, sem nos acobardarmos no anonimato.
É um crime ver o Colégio Diocesano de Santo António e o Seminário Maior de Portalegre a degradarem-se cada dia que passa. A igreja católica parece não se preocupar com nada. Sendo proprietária destes dois edifícios, dá-lhes uma utilidade residual.
Com condições de excelência, quer o Colégio, quer o Seminário, são alternativas mais do que possíveis às actuais instalações da Santa Casa da Misericórdia de Portalegre.
Seminário e Colégio caminham para a ruína física, se não lhes for dada uma função que os salvaguarde da degradação e ao mesmo tempo lhes crie receitas para neles se fazer a manutenção necessária. Mas será que quem é responsável pela decisão quando ao futuro de Colégio e Seminário está ou estará à altura da situação? Da decisão?
Qualquer dos edifícios, Seminário ou Colégio, alberga as condições mínimas de dignidade, e de solidariedade, para todos os serviços que a única lista concorrente até ao momento às eleições à Santa Casa da Misericórdia de Portalegre pretende manter e criar no futuro.
O que faltará para que algo de novo aconteça na SCMP?
Mário Casa Nova Martins
_______
Eleições na SCMP - I
http://avozportalegrense.blogspot.com/2011/11/eleicoes-na-scmp.html
Eleições na SCMP - II
http://avozportalegrense.blogspot.com/2011/11/eleicoes-na-scmp_16.html

Free web page counter