\ A VOZ PORTALEGRENSE: Rodrigo Emílio

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Rodrigo Emílio

Rodrigo Emílio nasceu em Lisboa a 18 de Fevereiro de 1944, e vem a falecer na sua terra natal a 28 de Março de 2004.
Hoje, sexta-feira dia 18 de Fevereiro de 2011, celebra-se o seu sexagésimo sétimo aniversário do seu nascimento.
Em homenagem ao Poeta e ao Patriota, reproduzimos um autógrafo seu, inserido numa dedicatória a António de Oliveira Coelho, no livro “Reunião de Ruínas”.
Quando cada vez mais em Portugal a mediocridade vinga, quando os Valores são postos em causa, quando os Princípios são abastardados, é importante lembrar Gente d’Algo como Rodrigo Emílio.
É incómodo para gente menor lembrar Portugueses ilustres, porque para eles é lembrar-lhes quão pequenos são. Mas o Dever impõe que a Memória de Rodrigo Emílio diga Presente!

Como é bom navegar contra-a-corrente.
Mário Casa Nova Martins
*
Rodrigo Emílio de Alarcão Ribeiro de Mello colaborou, assídua e activamente, como crítico, poeta, ficcionista e polemista em numerosas publicações. Foi por duas vezes premiado em concursos de Poesia e Ensaio, promovidos pelo Diário de Lisboa. Em 1963 foi Prémio de Poesia no Concurso de Manuscritos do então SNI, com o original “As Lágrimas Ancoradas à Sombra do Amor”. Premiado, também, nos Jogos Florais da Emissora Nacional, de 1969, na modalidade de Poesia Lírica. Produziu, para a RTP, os programas de Poesia “vestiram-se os Poetas de Soldados” e “Sobre a Terra e Sobre o Mar”.

Obras publicadas:
As Lágrimas Ancoradas à Sombra do Amor, 1963, S.N.I.
Mote Para Motim, 1971, Editora PAX
Paralelo 26 S às Audições do Índico, 1971, Agência Geral do Ultramar
Poemas Acenados a uma Criança Longe, 1972, Editora PAX
A Segunda Cegueira, 1973, Publicações Cidadela
Primeira Colheita, 1973, Editora PAX
Serenata a Meus Umbrais, 1976, Empresa do Diário do Minho
Reunião de Ruínas, 1978, Edições A Rua
Poemas de Braço ao Alto, 1982, Tipava Tipografia de Aveiro Lda.
Pequeno Presépio de Poemas de Natal, 2005, Antília Editora
Matando a Sede nas Fontes de Fátima, 2006, Antília Editora
Antologia Poética, 2009, Areias do Tempo
*
*

Free web page counter