\ A VOZ PORTALEGRENSE: Dose ‘nacional’ de Laranja com Vodka

sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Dose ‘nacional’ de Laranja com Vodka

Dose ‘nacional’ de Laranja com Vodka

Quando no passado dia 11 de Janeiro de 2011 escrevemos um texto intitulado «Laranja com Vodka», no qual fizemos notícia do acordo entre o PSD e o PCP para viabilizar os Orçamentos e Planos de Actividades nas Autarquias de Crato, Nisa e Portalegre, não mais recordámos uma prática corrente entre os dois partidos.
Evidentemente que o PCP apenas tem ‘importância’ autárquica a sul do rio Tejo e acima da serra do Caldeirão, daí que estes acordos entre PCP e PSD passam despercebidos a nível nacional.
E no que concerne ao concelho de Portalegre, o facto político está consumado. O PCP, junto com o PSD, aprovou o Orçamento e Plano de Actividades para o ano de 2011. A coligação contra-natura uma vez mais ‘funcionou’!
Perante tal, o PCP é conivente com o descalabro económico-financeira da Câmara Municipal de Portalegre, ao contrário de CDS e PS, que em todo o processo estiveram sempre ao lado dos Munícipes contra a política ruinosa levada a cabo pela actual minoria do PSD na Autarquia portalegrense.
A comunicação social de Portalegre fez-se eco das justificações do PCP para a aprovação junto com o PSD do Orçamento e Plano de Actividades. Porém, foi notória a falta de argumentação, podendo-se dizer que a mesma foi demagógica e desadequada aos factos.
Das cinco forças políticas concorrentes às últimas eleições autárquicas no concelho de Portalegre, BE, CDS, PCP, PS e PSD, duas estão coligadas, PSD e PCP, e nas próximas eleições ‘responderão’ perante os Eleitores do concelho de Portalegre por tudo o que fizerem à frente da CMP.
Agora, a mesma coligação PCP-PSD prepara a Moção de Censura que derrubará o actual Governo. O semanário Expresso de dia 10 de Fevereiro de 2011, PRIMEIRO CADERNO, página 10, lembra “a primeira vez que PSD e PCP se concertaram” para derrubar um Governo Constitucional. Pelos vistos, na próxima Primavera voltam a unir esforços para, em tenaz, voltarem a derrubar um Governo do PS.
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter