\ A VOZ PORTALEGRENSE: Professor Pardal da política portuguesa

quarta-feira, janeiro 12, 2011

Professor Pardal da política portuguesa

Em 19 de Agosto de 2006 apelidámos Marcelo Rebelo de Sousa «o Professor Pardal da política portuguesa». Passados estes anos, continuamos a afirmar que as ‘invenções’ denominadas ‘factos políticos’ continuam a ser a ‘imagem de marca’ do professor universitário Marcelo Rebelo de Sousa.
Mas, incansável, Marcelo Rebelo de Sousa tudo sabe, tudo conhece. E uma das suas últimas ‘pardaladas’ teve lugar no mundo da arte, mais propriamente do mobiliário.
Pela leitura da revista Sábado N.º 348 – 29 DE DEZEMBRO DE 2010 A 5 de JANEIRO DE 2011, fica-se a saber que, Marcelo Rebelo de Sousa foi testemunha de uma das partes num processo de burla referente a uma peça da qual se afirmava ser do século XVII, e afinal teria pouco mais de 100 anos.
Marcelo Rebelo de Sousa, estribado em Reynaldo dos Santos, afirmava a verdade quanto ao século XVII, mas foi contraditado pelos verdadeiros peritos na matéria, nomeados pelo tribunal. Quanto a Reynaldo dos Santos, que Marcelo rebelo de Sousa invocava, foi dito pelos peritos que “as suas obras contêm, à luz dos conhecimentos actuais, erros inacreditáveis”.
Será caso para se aplicar o ditado popular que diz, «quem te manda a ti, sapateiro, tocar rabecão?» Ou dito de outra forma, «quem te manda, sapateiro, tocar tão mal rabecão?»
Sem dúvida que deste episódio pícaro, sai mais forte a ideia de se comparar a figura da BD, Professor Pardal, com tão insigne comentador político, e, pelos vistos, não só.
Mário Casa Nova Martins
*
*
*
*
*

Free web page counter