\ A VOZ PORTALEGRENSE: Club Desportivo Portalegrense Feminino

terça-feira, janeiro 25, 2011

Club Desportivo Portalegrense Feminino

Época 2010/2011
1.º plano: Sandra Mouro, Joana Gaspar, Carla Almeida,
Inês da Silva, Irina Braga, Joana Martins
2.º plano: Cátia Carrilho, Marisa Baptista, Cátia C. Calado,
Sara Anacleto, Carina Mendes,Carina Valério
*
Futebol Feminino em Portalegre

Portalegre tem hoje uma equipa de futebol feminino a representá-la. Mas, segundo a comunicação social, o primeiro jogo de futebol feminino realizado em Portalegre remonta a domingo dia 26 de Junho de 1966, há quase quarenta e cinco anos, no mítico Estádio da Fontedeira.
Naquela tarde defrontaram-se duas equipas, que pela análise do que foi então escrito nos dois semanários de Portalegre, seriam todas de um mesmo grupo que se ‘dividiu’ entre um ‘Desportivo’ e um ‘Estrela’. E eram apenas vinte e duas atletas, uma vez que tendo-se lesionado uma, não houve substituição.
A localização geográfica das equipas não coincide em O Distrito de Portalegre, mas cremos que aquela que está no relato do jogo seja a correcta.
Também fica registada, nos textos da época, a maneira como o jogo foi antecipado, segundo o redactor de O Distrito de Portalegre “é de prever boa presença de público, pela curiosidade que está despertando, como é natural.”. Assim como foi visto esse jogo pioneiro, segundo Aníbal Gonçalves em A Rabeca, “perante razoável assistência, num dia de calor intenso e com presença de notável elemento feminino”.
Presentemente, o Club Desportivo Portalegrense Feminino participa no Campeonato Distrital de Portalegre com uma equipa, treinada por Cátia Carrilho.
A prova iniciou-se no passado dia 9 de Janeiro de 2011, tendo jogado nesse dia a equipa constituída por Cátia Carrilho, Marisa Baptista, Cátia C. Calado, Sara Anacleto, Carina Mendes, Carina Valério, Sandra Mouro, Joana Gaspar, Carla Almeida, Inês da Silva, Irina Braga e Joana Martins.
Mais importante que os resultados obtidos, jornada a jornada, será a alegria e o fair-play com que em todos os jogos o Clube Desportivo Portalegrense Feminino participa.
Mário Casa Nova Martins
_______
O Distrito de Portalegre – Ano 83 – N.º 4976 – Sábado 25 de Junho de 1966 – pg.2
Director José Dias Heitor Patrão
DESPORTOS
Futebol Feminino em Portalegre
Realiza-se amanhã, nesta cidade, pelas 17 horas um jogo de futebol feminino entre a equipa das 11 Estrelas da Charneca (Lisboa) e o Clube Desportivo da Charneca (Amoreira).
Por ser a primeira vez que nesta cidade se realiza um jogo desta natureza, é de prever boa presença de público, pela curiosidade que está despertando, como é natural.

O Distrito de Portalegre – Ano 83 – N.º 4977 – Sábado 2 de Julho de 1966 – pg.5
DESPORTOS
Futebol Feminino
Nesta cidade realizou-se no passado domingo um jogo de futebol, entre as equipas femininas do Clube Desportivo da Charneca (Lisboa) e 11 Estrelas da Charneca (Amoreiras), o que terminou com um empate a duas bolas.
Arbitrou Arlindo Duarte (componente da caravana) e as equipas alinharam da seguinte forma:
C. D. Charneca – Lourdes, Deolinda, Dorinda e Luísa; Leonor e Lina; Cidália, Rosa, Mariasinha, Ermesinda e Natividade.
11 Estrelas – Teresa, Ana Paula, Ilda e Luísa; Fernanda e Emília; Anita, Helena, Rita, Odete e Ana Maria.
Marcaram Mariasinha e Ermesinda, pelo C. D. Charneca e Emília, pelos 11 Estrelas.
O facto de ter sidoo primeiro jogo feminino que se realizou nesta cidade atraiu a curiosidade e por isso a assistência foi regular a presenciá-lo.

A Rabeca – Ano 51.ª – 23 de Junho de 1966 – NÚMERO 2.390
Director, Editor e ProprietárioJoão Diogo Casaca
Na secção Desportos – Coisas do nosso futebol – por Aníbal Gonçalves, na página 2, não faz referência ao jogo a disputar a 26 de Junho seguinte.

A Rabeca – Ano 51.ª –30 de Junho de 1966 – NÚMERO 2.391 – pg.2
Desportos – Coisas do nosso futebol – por Aníbal Gonçalves
Futebol Feminino
No passado domingo realizou-se, na Fontedeira, o anunciado desafio de futebol feminino entre as equipas do Clube Desportivo a Charneca e as 11 Estrelas da Charneca. Perante razoável assistência, num dia de calor intenso e com presença de notável elemento feminino, as equipas empataram 2-2, com 1-1 ao intervalo.
Logo no minuto inicial a avançado centro do Desportivo da Charneca, que equipou de vermelho, fez funcionar o marcador. O tento que deu o empate de 1-1, foi obtido de grande penalidade, pela médio esquerdo das 11 Estrelas.
Após o descanso foram estas a equipa que mais dominou, tendo saído lesionada a extremo direito do Desportivo da Charneca, a melhor elemento em campo durante toda a partida. Foi ainda a mesma n.º 6 das 11 Estrelas que pôs a sua equipa a ganhar por 2-1, empatando o Desportivo por intermédio da sua extremo esquerdo.
Salientaram-se no Desportivo da Charneca a extremo direito e a defesa central.
As 11 Estrelas tiveram na sua médio esquerdo a sua melhor jogadora.

Free web page counter