\ A VOZ PORTALEGRENSE: Jaime Crespo

sexta-feira, julho 30, 2010

Jaime Crespo

Castelo de Nisa

Públicas virtudes, vícios privados

Não sem certo humor e graça, verifica-se em comentários anónimos a diversos “post’s”, em blogues de e sobre Nisa, que divertidos anónimo(a)s se dirigem ao Núcleo do Bloco de Esquerda de Nisa, como “o grupo da míni e do charro”.
Esperançado que este tratamento jocoso se deva apenas ao bom humor das boas gentes sempre dadas à brincadeira, e não ao moralismo bacoco destilado por certo(a)s santo(a)s de pau carunchoso.
Vejamos, se a ironia calha bem e, direi mesmo, é democrática, já os moralismos de sacristia trazem consigo o bafio podre e decadente dos novos fascistoides.
Pois se um pequeno grupo de pessoas, como é o Núcleo de Nisa do Bloco, eventualmente, porque não ando por aí a inquirir sobre a vida de cada qual, era o que mais faltava e tenho mais que fazer e com que me preocupar, terá apreciadores da míni, do tintol, dos charros, do tabaco, abstémios, omnívoros, vegetarianos, etc. Já viram a riqueza da fauna? Mas estamos a falar de uma dúzia... O que não se passará pelas outras agremiações políticas e sociedades recreativas, desportivas e de solidariedade social cá da praça, bem mais numerosas que nós?
Quanto aos demais nada sei nem me interessa e tenho raiva a quem sabe, pela parte que me toca posso-vos garantir que aprecio mais a média que a míni, vinho tinto de preferência às refeições, muito café e água, algum chá. Já fumei os meus charros nesta vida mas deixei de achar piada, tabaco umas vezes sim outras não, depende do estado psicológico.
Como podem constatar aqui pelo Núcleo do Bloco nada temos a esconder e somos em público o espelho do que fazemos em privado, connosco as pessoas sabem ao que vem e com o que podem contar.
Já com outro(a)s não se poderá dizer o mesmo: santinho(a)s de pau feito entretanto caruncho, apresentam-se publicamente muito virtuoso(a)s, mas quiçá, em privado sejam os mais desatinado(a)s vicioso(a)s.
Quem sabe?
E você? Já tomou a sua míni e fumou seu charro na sua vida?
Jaime Crespo

Free web page counter