\ A VOZ PORTALEGRENSE: José Maria Moura

quinta-feira, maio 06, 2010

José Maria Moura


Mais de uma centena de pessoas vão descer o Tejo em canoas, desde a barragem de Cedilho até Vila Velha de Ródão, no próximo domingo, no âmbito de uma iniciativa transfronteiriça que visa chamar a atenção para os problemas do rio, noticia a Lusa.
Paulo Constantino, do movimento ProTejo, disse à agência noticiosa que as organizações portuguesas e espanholas que promovem este «Vogar Contra a Indiferença» esperam a participação de meio milhar de pessoas na iniciativa, que inclui a descida de canoa.
«Esta é uma forma de mostrar porque é que vale a pena preservar o rio e o património que lhe está associado e denunciar o que tem vindo a causar efeitos nefastos à água do Tejo, como a poluição agrícola e industrial e mesmo nuclear (dada a existência da central de Almaraz)», disse.
O objectivo é ainda alertar para os perigos de «contaminações futuras, no caso de haver uma opção pela extracção de urânio em Nisa», adiantou.
A descida de canoa é organizada pelas associações ProTejo, Adenex (defesa da natureza e recursos da Extremadura), AZU (ambiente em zonas uraníferas), ASA (Salavessa viva), MUNN (urânio em Nisa não), Quercus e CerciZimbra.

«Carta Contra a Indiferença»
A exemplo do que aconteceu na primeira edição da iniciativa, realizada há um ano sob o mote da contestação aos transvases espanhóis, no final da descida vai ser lida uma «Carta Contra a Indiferença», seguindo-se intervenções das organizações participantes.
A carta «evidencia a necessidade de defender o rio Tejo da exploração da água, devido aos transvases de água do Tejo para o sul de Espanha, e da agressão da poluição agrícola, industrial e nuclear», referiu Paulo Constantino.
Quarta-feira, representantes do movimento ProTejo vão ser recebidos pelo secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, a quem vão pedir especial atenção na elaboração dos planos de bacia hidrográfica.
Para Paulo Constantino, é «fundamental garantir que os planos respeitam a Directiva Quadro da Água, o bom estado das águas e o cumprimento do regime de caudais ambientais em toda a bacia do Tejo».
_______
Recebido por mail de José Maria Moura

Free web page counter