\ A VOZ PORTALEGRENSE: António Martinó de Azevedo Coutinho

sábado, fevereiro 20, 2010

António Martinó de Azevedo Coutinho

Festa de Homenagem a João Tavares (22-5-1973)
.
Os pupilos do senhor Reitor
.

Se falarmos com qualquer dos que foram alunos no antigo Liceu, quando este funcionou no Corro, qualquer deles recordará, pelo menos, um de dois Reitores: ou o velho Dr. Albino Honório de Freitas ou o jovem Dr. António Luís Marcão.
Um e outro nunca se encontraram, pois o tempo e o espaço separaram-nos; o Dr. Honório deixou Portalegre alguns anos antes da chegada do Dr. Marcão. Porém, estão ambos bem juntos, desde há dias e para todo o sempre, na grata memória de muitos de nós, no lugar onde guardamos as melhores recordações.
O velho Reitor impôs-se sempre pelo profundo e quase familiar humanismo que dele irradiava, enquanto o jovem Reitor teve de enfrentar e vencer as lógicas dificuldades inerentes ao precoce desempenho de um cargo de considerável significado académico e social. E a verdade é que cumpriu com insuperável competência todas as responsabilidades ligadas a esse lugar cimeiro no Liceu de Portalegre, deixando-lhe associada uma incontestável e prestigiada marca pessoal.
Depois de um percurso profissional e de uma vida social exemplares, o Dr. António Marcão retirou-se tranquila e discretamente como sempre, dedicando-se aos seus e também aos amigos, nesta terra que adoptou como sua, onde se radicara e constituíra família. Mas não foi esquecido pela comunidade portalegrense -e não apenas pela académica- que publicamente lhe dedicou uma sentida e sincera homenagem. A esse momento de festa associaram-se muitos amigos, nomeadamente da sua Coimbra natal, onde crescera e se formara.
Desaparecendo agora do nosso convívio e deixando ainda mais pobre esta terra, permanecerá no entanto, em cada um de nós, na lembrança do homem superior que foi e que contribuiu de forma decisiva para o crescimento cultural e humano de inúmeros alunos e amigos.
Por isso e ainda que alguns não tenhamos beneficiado directamente da generosa partilha dos seus múltiplos saberes, todos legitimamente nos sentimos pupilos do senhor Reitor.
António Martinó
.
in, Fonte Nova, 20 de Janeiro de 2010, p.2
.
.

Free web page counter