\ A VOZ PORTALEGRENSE: Luís Filipe Meira

sexta-feira, dezembro 25, 2009

Luís Filipe Meira

A raça humana anda sempre a olhar para trás, para o passado, à procura da cauda perdida na evolução.
Por isso o homem não olha para o futuro e agarra-se ao que foi (e ao que não foi, mas podia ter sido, ou que gostaria que dele os outros pensassem).
PEPETELA, in A geração da Utopia
.
É Natal!
.
Os corações abrem-se, fala-se de solidariedade, pratica-se alguma, diz-se que isto está pior que nunca – o que se calhar é verdade –, mas também é verdade que as catedrais do consumo estão por estes dias apinhadas de gente atacada por uma perigosa febre consumista.
O mês de Janeiro, que é o mais comprido do ano está perto mas … ainda suficientemente longe para nos preocupar… A seguir à passagem de ano logo trataremos – sabe Deus como – dos problemas de tesouraria.
Talvez vá sendo é tempo de nos preocuparmos com o estado a que o planeta chegou. A Cimeira de Copenhaga foi a treta que se esperava, por muito que nos queiram fazer crer do contrário, e que só serviu para demonstrar que há inúmeras perspectivas sob a forma de encarar a questão, muitas delas inconciliáveis. Entretanto a coisa vai correndo.
Também por isso pensei deixar aqui duas sugestões cinéfilas, duas sugestões para ver em família em detrimento daqueles estafados filmes que a televisão programa para estes dias.
Reconheçam que podemos, por uma vez, dispensar o Música no Coração, Sozinho em Casa, Pretty Woman ou O Amor Acontece, e afins. A minha proposta é radical mas necessária. Nestes dias em que se fala tanto em paz e amor talvez valha a pena ver em família dois documentários que dão muito que pensar.
Uma Verdade Inconveniente é um documentário de 2007 apresentado pelo ex-vice-presidente Al Gore, onde se demonstra que o aquecimento global é uma ameaça real.
A 11ª Hora é também um documentário de 2007, produzido e narrado pelo actor Leonardo DiCaprio, que nos mostra o estado critico a que o planeta chegou, deixando-nos no entanto algumas pistas para a salvação.
Dois testemunhos, dramáticos mas fundamentais para os mais jovens perceberem que o futuro está em causa e se ficarmos à espera, não haverá futuro…
Boas Festas e Um Ano Novo Melhor.
Luís Filipe Meira
-

Free web page counter