\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

sexta-feira, dezembro 18, 2009

Crónica de Nenhures

Elas que venham!
.
A facção do PSD do concelho de Portalegre que apoia a equipa autárquica liderada pelo independente presidente da Câmara Municipal de Portalegre, deu na sede do partido uma conferência de imprensa, na qual o mais importante que dela se tira é a ameaça de eleições intercalares para a CMP.
Contudo, o cenário de eleições intercalares para a CMP não é novidade. Logo que se conheceram
os resultados das autárquicas de 11 de Outubro passado, que a ircunstância de os portalegrenses irem às urnas antes do fim do mandato autárquico que se iria iniciar, era uma forte hipótese.
E se tal vier a acontecer, Portalegre e o seu concelho só têm a ganhar!
O desnorte, a par da incompetência do actual elenco social-democrata na CMP, é uma evidência, tal como, aliás,
já nesta ‘casa’ o dissemos. Portalegre não pode estar mais quatro anos com a falta de estratégia a todos os níveis que a actual liderança autárquica tem. É preciso que as Oposições diligenciem no sentido do actual Executivo cair com a não-aprovação do próximo Orçamento.
A próxima Assembleia Municipal tem que agir de forma que se criem as condições para as tais eleições intercalares, que a tal facção do PSD ameaçou na dita conferência de imprensa, e das quais irá sair derrotada. Para o bem de Portalegre e do seu concelho!
À Esquerda, o BE terá a oportunidade de, com uma candidatura credível, ver o seu espaço político representado, o PCP manterá o seu Vereador, enquanto o PS manterá os três que tem, mas terá a maioria relativa dos votos. À Direita, o CDS terá a grande oportunidade de voltar a eleger, em lista própria, um Vereador, enquanto crescerá em eleitos para a Assembleia Municipal.
Nesta altura, já o CDS terá feito internamente a análise detalhada dos resultados autárquicos no concelho de Portalegre. Dessa constatação, por certo percebeu por que perdeu oitocentos votos entre as legislativas e as autárquicas, e não quererá que tal situação se volte a repetir.
Mas o CDS tem que perceber que ‘não há almoços grátis’. E continuar a ser ‘muleta’ do PSD, para mais de uma das suas facções em Portalegre, aquela que é hoje a grande derrotada do dia 11 de Outubro de 2009, é erro que não pode cometer…
Pois, que se realizem eleições intercalares no concelho de Portalegre.
Mário Casa Nova Martins
in, Alto Alentejo, 16 de Dezembro de 2009, p. 4

Free web page counter