\ A VOZ PORTALEGRENSE: A Mentira da Verdade II

sábado, outubro 10, 2009

A Mentira da Verdade II

> Direito de resposta

Com os meus cumprimentos, em face da noticia saída no jornal Alto Alentejo a respeito da Empresa Conhecer e Comunicar publicada na página n° 3 do dia 23 de Setembro com o titulo “última Assembleia Municipal Aqueceu” vejo-me na obrigação de ao abrigo da Lei de Imprensa (artigo 24) do direito á informação direitos de resposta e rectificação repor a verdade dos factos, ainda que resumidamente no que me parece fundamental. Na última Assembleia Municipal de Portalegrerealizada na noite de segunda feira dia 21 de Setembro com grande surpresa minha ou talvez não, os eleitos peloPartido Socialista Albano Silva e Luís Testa questionam o Município de Portalegre e em especial o seu Presidente Mata Cáceres, sobre a Empresa Conhecer e Comunicar S. Lda de que sou responsável. Albano Silva ao questionar o Presidente da CMP, entre outras considerações e chamadas de atenção, disse “O adjudicante (CMP) que adjudica uma Empresa que se chama Conhecer e Comunicar Serviços Lda, 12 mil euros no dia 7 de Janeiro 2009 e outros 12 mil no dia 12 de Janeiro de 2009. Estas observações de Albano Silva são falsas em relação ao contrato (ajuste directo) feito entre mim e a Câmara de Portalegre que no que diz respeito ás verbas estabelecidas. A decisão da Câmara está redigida nestes termos. “Informo V. Ex.ª que por despacho de 20/11 /2008 foi adjudicado a essa Empresa a prestação de serviços mencionada em epígrafe, pelo período de 24 meses, pelo valor mensal de e 500.00+Iva, de acordo com a v/ proposta datada de 7/11/2008.” Claro como água cristalina, comprova-se, que há apenas uma adjudicação entre mim e a CMP são 12 mil euros em 24 meses, e não duas a totalizar “24 mil euros em cinco dias”!... Como alegadamente quis fazer crer Albano Silva.
Lamentavelmente, na referida Assembleia, estavam pessoas do Município perfeitamente informadas e sabedoras de que os números apresentados não correspondiam á realidade. Calaram-se!... tornando-se cúmplices do PS. Aliás, desde há anos que pessoas ligadas ao Partido Socialista vêm contestando e interferindo na minha actividade. Antes deste ciclo, nunca se incomodaram comigo, bem pelo contrário, e ontem como hoje, sou o mesmo, fiel a escrever e falar verdade O problema é que eu tenho pensamento livre, está na lei a liberdade de expressão e opinião. Quanto a este caso, fiquei a saber do incómodo que dou a certa gente não pensava ter tanta importância, até o jornal Alto Alentejo, e cada um decidi como entende, numa Assembleia Municipal com 19 pontos em agenda, só o meu assunto mereceu ser notícia. Hoje, em nome da reposição da verdade, aqui fica o necessário esclarecimento. Sem outro assunto de momento, subscreve-se,

João Trindade
Portalegre 28 de Setembro de 2009
.

Free web page counter