\ A VOZ PORTALEGRENSE: Autárquicas 2009 - Portalegre

quinta-feira, outubro 15, 2009

Autárquicas 2009 - Portalegre

Que fazer
.
Lenine no seu famoso livro Que fazer?”, através da crítica a uma recente ala dentro do movimento social-democrata russo, o economismo, como lhe chama, discute questões práticas acerca da revolução socialista no então cenário da Rússia.
O livro não é teórico, trata questões práticas para o movimento socialista não se fracturar face ao eminente desmoronamento do Regime.
Confrontando-se com vias do socialismo moderado e reformista, bem como com teorias liberais mais radicais, Lenine descreve qual a acção política necessária para dar um carácter revolucionário às transformações que ocorriam na Rússia de então.

De certa forma, pode-se dizer que Portalegre regrediu politicamente oito anos, quando os então resultados autárquicos de 2001 deram a vitória ao PSD com três vereadores, também três vereadores para o PS e um para o PCP.
Hoje esse cenário repetiu-se, embora desse tempo apenas esteja presente um ‘actor’, o presidente da CMP.
Todavia, hoje o PS não tem nenhum vereador que assuma o papel de ‘judas’ e se ‘passe’ para o PSD, de maneira a este ter maioria absoluta, um facto político que não enobreceu a Política no concelho de Portalegre.
Mas, e esta questão é pertinente, irá o deputado eleito do PCP coligar-se com o PSD, como há oito anos?
A História mostra que o eleitorado que vota PCP, passados quatro anos, em 2005, não quis eleger, no caso reeleger, o vereador do PCP, ‘castigando-o’ pela aliança que fez com a Direita.
Em 2001, Luís Madeira Pargana, com o acordo da estrutura concelhia do PCP, e também da distrital e da nacional, esteve como vereador com, entre outros, o pelouro da Cultura da CMP.
O seu trabalho foi louvado. E foi com surpresa, para quem não conhece a forma como age o eleitorado do PCP, que não foi reeleito.
A Luís Pargana nunca foi ‘perdoado’ o ter-se coligado com o PSD! Embora o tenha feito com o apoio de toda a estrutura do PCP, note-se.

Será que Hugo Capote irá, com o apoio das estruturas do PCP, ‘repetir’ Luís Pargana?
Indiscutivelmente, o PCP consegue eleger um vereador por duas razões. Uma é a ‘qualidade’ do Candidato, e a outra prende-se por naturais razões ideológicas. Mas só as ‘segundas’ nunca o teriam feito eleger!
Hugo Capote teve muitos votos ‘fora’ do PCP porque era ‘confiável’, que iria lutar contra o desgoverno autárquico do PSD, contra as suas práticas autocráticas, contra as injustiças cometidas por uma maioria autista e incompetente e contra um certo ‘analfabetismo’ ‘pago’ a ‘peso de ouro’.
Quem votou em Hugo Capote, acreditou que ele como vereador não iria ser a ‘muleta’ da Direita na CMP. Seria a Voz de uma Oposição responsável, e que pugnaria pela Verdade e pelos Interesses do concelho de Portalegre.
Brevemente saber-se-á o que vai fazer, em termos de estratégia política, o PCP e Hugo Capote.
Mas uma coisa é certa, se se coligar com o PSD, de certeza que o PCP não elegerá qualquer vereador em 2013.

Recorde-se que foi a oposição firme e coerente de Joaquim Miranda da Silva, no mandato autárquico liderado por Amílcar de Jesus Santos, que ‘levou’ a que o PCP tivesse na eleição seguinte elegido Luís Pargana como vereador. A História é sempre uma lição, há que estudá-la, sabê-la para não repetir erros.
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter