\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

quinta-feira, setembro 24, 2009

Crónica de Nenhures

PSD em rota de implosão
.
Um livro denunciando a fraude eleitoral interna no Partido Socialista francês pode levar à sua implosão.
Afastado do poder há anos, o PSF vive a maior crise da sua história. A ‘necessidade’ de estar no poder tem gerado uma guerra em torno de lideranças perdedoras e efémeras. As derrotas eleitorais sucedem-se e a ‘hemorragia’ de militantes e de eleitores anunciam que a catástrofe é eminente.
Neste cenário dantesco, a guerra suicida entre as cúpulas do partido, levou à maior fraude eleitoral num partido político, ao nível de que se passou recentemente nas eleições presidenciais no Afeganistão.
Os factos em França reportam-se a Novembro de 2008, e falam de fraudes maciças a favor de Martine Aubry durante a sua eleição para a liderança do PSF.

Em Portugal, no PSD há casos de compra de votos para eleições internas, como se pode ler na
revista Sábado. E os principais acusados são da maior confiança política da actual líder do PSD, e vão ser eleitos deputados no próximo domingo, dia 27 de Setembro.
As sondagens, falíveis, dizem que o PSD perderá as eleições. Ora, num partido com os ‘genes’ do PPD-PSD, é grave estar muitos anos afastado do poder. A ‘clientela’ começa a ‘fugir’, e se o PS conseguir ou com o CDS ou com o BE forma uma maioria política na Assembleia da República, então, como irá ‘sobreviver’ o PPD-PSD a mais tempo fora das mordomias do Poder?
Se o PSD perder as próximas legislativas e o PS formar maioria estável, o PSD pode muito bem sofrer tais guerras intestinas que o levem a implodir.
E, se tal acontecer, nada de grave acontecerá à Democracia portuguesa, e muito menos à Direita portuguesa. Seria o tempo de a Direita se reorganizar e se reordenar no espectro político em Portugal.
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter