\ A VOZ PORTALEGRENSE: Sport Lisboa e Benfica

segunda-feira, maio 18, 2009

Sport Lisboa e Benfica

Não há “milagres grátis”
.
Há dias assim. Ontem, o comentador da RTP1 por mais de uma vez questionou a arbitragem em lances em que foi decidido contra o Sport Lisboa e Benfica. O comentador não entendia aquelas decisões, e com fino humor dizia que altos dirigentes da arbitragem talvez pudessem explicar. Hoje sabe-se que o treinador do SLB foi expulso por indicação de um árbitro que tem sido protagonista como advogado de defesa de alguns arguidos do processo Apito Dourado.

Que a arbitragem não sirva de desculpa para o terceiro lugar alcançado pelo SLB na presente época na Liga Sagres! Erros, que começam com uma má planificação da época, e mais erros, como o afastamento de Diamantino Miranda, estão na base do fracasso desportivo. Mas o maior dos erros é a falta de liderança patenteada pela Direcção do Sport Lisboa e Benfica!
Ontem foi confrangedor ver a falta de apoio ao treinador, no momento da expulsão, por parte de Shéu Han. Este funcionário está há demasiado tempo no SLB. Tudo passa com o tempo, mas este funcionário parece “intocável”. Mesmo sabendo-se da frágil situação de Quique Flores na Instituição, não foi correcto a manifesta falta de solidariedade naquele penoso momento, e se tal aconteceu foi porque as injustiças eram demasiado evidentes e o treinador pugnou em prol dos interesses da Equipa e do Clube. São situações como esta, e que se repetem amiúde, que fazem com que o fracasso desportivo seja também humano.
Ontem o SLB mostrou ser uma equipa. Mereceu a sorte do jogo, quanto em tantos outros esta lhe faltou. O seu treinador mostrou conhecer o adversário, e provou saber melhor colocar em jogo a sua estratégia que o treinador adversário a dele. Neste jogo, tal como na primeira volta com este mesmo adversário, venceu claramente o treinador do Sport Lisboa e Benfica.

A descrença é tanta, que se, por absurdo!, José Mourinho quisesse vir na próxima época treinar o SLB, e trouxesse os jogadores que entendesse, temos a certeza que o Benfica não seria campeão. Seja quem for o treinador para a época 2009 – 2010, seja o plantel que for, o SLB continuará a não conseguir mais do que o mesmo lugar da presente época.
Hoje, é um dado adquirido que o problema do SLB é a falta de liderança. Se nas eleições em Outubro tudo se mantiver como está, o Benfica caminhará a passos largos para o abismo desportivo e financeiro.
Mário

Free web page counter