\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

terça-feira, julho 08, 2008

Crónica de Nenhures

Nunca tantos farão tão pouco
(equipa técnica do SLB para 2008/2009)
.
Viagem ao pesadelo
.
Tem início hoje oficialmente a época 2008/2009 para o Sport Lisboa e Benfica. Dois dias consecutivos de exames médicos mostram a preocupação dos dirigentes pela saúde dos atletas profissionais da equipa de futebol.
Começa aqui a incompreensão do funcionamento da estrutura do futebol profissional do SLB. Com a ausência de um conjunto de atletas que continuam de férias devido a compromissos pelas selecções dos respectivos países, comparado com outras equipas de top, apenas o Benfica necessita de tanto tempo para fazer os necessários quanto obrigatórios testes médicos.
Mas será esta excepção a única? Pode-se dizer que o SLB começa a época na pior situação dos últimos anos em relação a reforços. Uma mão meia vazia de jogadores de secundaríssimo plano, fazem as delícias da comunicação social, a par de uma mão cheia de fracassos de contratação de jogadores que fariam a diferença, para melhor. Longe vai o tempo em que o SLB conseguia comprar bom e barato, como no tempo de José Veiga por exemplo.
Rui Costa começa, como se costuma dizer, com o pé esquerdo na nova função de administrador da SAD do SLB. O seu primeiro erro foi prolongar as conversações com um jogador sul-americano que há muito a comunicação social dava como certo noutro clube. Só por ingenuidade, ou estupidez, é que não percebeu que havia algo que fazia protelar um desfecho que continuadamente se dizia estar por horas. O mesmo acontece com outro jogador, agora argentino, que sabendo-se da incapacidade financeira para ser contratado, se anda em conversações infrutíferas.
Rui Costa, no pouco tempo que leva como responsável máximo do futebol, acumula erros de principiante. Contudo, a imagem do presidente, Luís Filipe Vieira, está a cobro destas trapalhadas. Como lhe convém!
Luís Filipe Vieira joga a última cartada, antes das próximas eleições, com a escolha de Rui Costa. Se este continuar a não conseguir dar conta do recado, Vieira dirá que fez a vontade aos Benfiquistas, que queriam o ex-jogador naquelas funções. Como Pilatos, lavará as mãos perante o desastre que se avizinha. Que os benfiquistas não deixem que a Memória se perca. Que Luís Filipe Vieira se vá embora do Sport Lisboa e Benfica é o nosso maior desejo para a época 2008/2009.
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter