\ A VOZ PORTALEGRENSE: SLB – O início do pesadelo

segunda-feira, maio 12, 2008

SLB – O início do pesadelo

Na altura dissemos que a época do Sport Lisboa e Benfica tinha terminado. E fomos profetas!
As palavras de António Oliveira, Toni, à revista Sábado dão-nos total razão.
O desentendimento público entre Katsouranis e Luisão tornaram o balneário do SLB “irrespirável”, tal como então aconteceu após a querela entre van Hooijdonk e Roger.
É clássico nestas situações, e mais se agravou o ambiente dada a disparidade de tratamento dado aos dois profissionais.
Hoje é possível dizer que Katsouranis teve uma época positiva, enquanto Luisão apresentou sempre sub-rendimento. Em vários jogos, as falhas que cometeu foram responsáveis pela perda de pontos.
Mário
_______
in, SÁBADO - N.º 209 - 30 DE ABRIL A 7 DE MAIO DE 2008
Na jornada seguin- (p.127)
te, fomos a Braga, e no intervalo, no túnel de acesso aos balneários, o van Hooijdonk tentou agredir o Roger. Juntos representavam um investimento de 4 milhões de contos, e tinham ordenados de 55 mil contos, mas se eu tivesse visto tinham sido expulsos. A partir daí tudo piorou, o balneário ficou partido”, recorda (p.128)

Free web page counter