\ A VOZ PORTALEGRENSE: Procissão dos Passos

domingo, março 02, 2008

Procissão dos Passos

Lamentamos que o Andor do Senhor dos Passos não seja visível. Mas diga-se que é uma Imagem cheia de expressão.


Cumpriu-se a Tradição. A Procissão do Senhor dos Passos é aquela que mais devoção terá entre as Gentes de Portalegre.
E como é hábito, esperamos por Ela no Rossio, junto à Igreja do Espírito Santo, local onde o Bispo da diocese faz uma alocução própria da época litúrgica que vivemos.
Mas este ano não foi com nos anteriores. A diocese não tem Bispo. O seu Bispo “trocou-a” pela arquidiocese de Évora, mais importante. Vaidades humanas!
Da conversa que se ouvia antes da chegada do Cortejo Processional, concluía-se que no Rossio estava menos de metade das Gentes em relação ao ano passado, e o fim-de-tarde estava com sol e com uma temperatura de Primavera.
Também se notava muito menos gente a acompanhar os Andores e o Pálio. Quem trazia o Santíssimo era o Cónego Lúcio, um Homem Bom, que é o Vigário-Geral da diocese. Quem falou foi o Padre Paulo, uma breve alocução, com um conteúdo agradável de ouvir, sem que os Presentes necessitassem de interiorizar as palavras proferidas. Segundo consta em Portalegre estão trinta sacerdotes, e desses, cinco acompanhavam a Procissão.
Depois no Caminho para o Calvário, menos Povo acompanhou a Procissão. São tempos em que a Fé é vivida mais interiormente. As Igrejas, como Padre Paulo fez questão de referir a dado passo, estão vazias. Os exemplos dados pelos Pastores não são de molde a que a Fé cresça nos Católicos.
Não faz o menor sentido que a diocese de Portalegre e Castelo Branco continue ainda sem Bispo! A descrença aumenta, por culpa de situações com esta.
MM

Free web page counter