\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos

sexta-feira, fevereiro 08, 2008

Desabafos

África, o Continente perdido! Assim se poderia definir o Continente africano nos dias que passam. Doenças, guerras, morte e mais morte, são referências diárias. Também delapidação das suas matérias-primas por um capitalismo selvagem, muitas das vezes sob a forma de “ajudas humanitárias”, e de que é exemplo a obra de John le Carré, “O Fiel Jardineiro”, transposta para o cinema com êxito assinalável, pese embora o boicote imposto pelas multinacionais farmacêuticas.
O mesmo boicote que depois veio a acontecer com o filme «
Diamante de Sangue», desta vez por parte das multinacionais diamantíferas. Uma vergonha a nível planetário que as “boas consciências” como as dos políticos, e não só, corruptos, tudo fazem para que estes casos passem ao lado do conhecimento e da verdade.
Lembre-se que «
O Fiel Jardineiro» se passa numa remota zona do Chade, país onde hoje grassa uma guerra civil tribal, e onde os interesses franceses foram postos em jogo.
Se a luta armada que fustiga o Chade é de natureza tribal, os culpados são os diplomatas que na Conferência de Berlim de 1885 dividiram este continente a régua e a esquadro pelas potências dominantes da altura, cabendo, é um facto, “migalhas” a Portugal. E se os franceses foram militarmente para o Chade em apoio do actual presidente foi porque este lhes dá a maior das garantias de que os interesses da França na ex-colónia serão salvaguardados.
Uma vez mais, as tais “boas consciências” vão poder dormir em paz, a tal “paz dos cemitérios” de que não é conveniente falar.
E que a França não “arraste”, em nome da União Europeia, “aliados” para a aventura chadiana. Mas se “arrastar”, que não seja Portugal um desses países “aventureiros”, porque não tem nenhum interesse económico ou estratégico no Chade.
in, Rádio Portalegre, Desabafos, 08/02/2008
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter