\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Crónica de Nenhures

Frankfurt
.
1€ = $1,505
.
O Euro bateu mais um recorde face ao Dólar. Era esperado. E assim vai continuar até que as sondagens digam com uma certeza fiável quem vai ser o próximo Presidente dos Estados Unidos da América. Consoante a pessoa, assim o comportamento do Dólar. Todavia, a tendência é para a moeda americana continuar cada vez mais fraca.
Períodos de turbulência são esperados a médio prazo nos mercados financeiros. Com a introdução do Euro na Economia Mundial, sabia-se que o Dólar, como a principal moeda de troca das transacções internacionais, estaria com os dias contados.
Conhecia-se há muito a debilidade da economia americana, que estava “escondida” pelo facto da sua moeda funcionar como moeda padrão. Esse facto permitia aos EUA dividendos que utilizava para camuflar os seus défices comerciais. E o mesmo acontecera com a Inglaterra, quando a Libra era a moeda de referência
É importante para uma Europa em processo de transformação política e consolidação económica, ter a sua moeda forte. Desta foram, encontra-se menos vulnerável perante crises internas e sobretudo mundiais, agora que a economia é global.
Não será pacífica a substituição do Dólar pelo Euro. Os EUA sabem os custos que terão que pagar. Tudo farão para protelar este facto irreversível. Depois, convulsões sociais irão espalhara-se pela União, piores que no Crash de 1929. E agora os EUA não têm no futuro próximo a perspectiva de uma “Terceira Guerra Mundial” para inverterem a situação. O Iraque trouxe-lhe mais custos que a Guerra do Vietname.
A Europa vive um momento histórico. Com o Euro em alta e com as melhores perspectivas futuras, não será de espantar que Wall Street se “deslocalize” para Frankfurt am Main. E quando acontecer, será o renascer de “velhas” guerras!
MM

Free web page counter