\ A VOZ PORTALEGRENSE: A Grande Zaragata

segunda-feira, janeiro 07, 2008

A Grande Zaragata

“Casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão”, diz e com que propriedade o ditado popular português. Este ditado pode ser “transportado” com o maior proveito para a casa do Sport Lisboa e Benfica. O que em directo a televisão mostrou a dado passo da segunda parte do jogo em Setúbal contra a equipa local, ou é surreal, ou então algo está errado no Clube maior da Segunda Circular da Capital.
É evidente que o que aconteceu mostra o mal-estar em que se encontra a equipa de futebol do principal escalão do clube. Fruto de mais uma época de insucesso desportivo garantido? Sem dúvida, mas não só.
Há muito que é notório um clima de instabilidade entre o plantel. Há indiscutivelmente um grupo liderado por Luisão. Constituído por brasileiros, une-os a Religião, sendo crentes de uma das milhentas seitas que pululam no Brasil.
Depois há o grupo dos jogadores portugueses, minoritário, onde as vozes de Nuno Gomes e Rui Costa não têm força para imporem os seus pontos de vista aos colegas de Clube e Profissão.
O grego Katsouranis é um out-sider, e mais ficou com a saída extemporânea de Fernando Santos. A sair, facto que defendíamos, teria sido no final da época anterior.
É ele um dos protagonistas do incidente no Estádio do Bonfim. Profissional sem mácula, viu-se envolvido num caso de indisciplina.
Ao fazer um atraso a meio-campo criou-se uma perda de bola, que chega a um jogador adversário. Em seguida Luisão comete falta sobre esse jogador, punível com cartão amarelo. De seguida insurge-se com os colegas, sendo contra-argumentado por Katsouranis. Dá-se então o diálogo de palavras e gestos, que todos os Benfiquistas viram, estupefactos!
Ora, Luisão está esquecido que a meio das épocas em que está no SLB faz ou directa ou por interposta pessoa saber que no final quer abandonar o Clube com o qual tem ainda mais anos de contracto. Esta cena economicista voltou a acontecer a meio da época passada. Porém, Luisão lesiona-se com certa gravidade, e de imediato o “discurso” toma outra direcção. Agora já quer permanecer na Benfica, etc., etc. Todavia, há que dizer que continua a não estar em forma!
Cada Benfiquista tem a sua opinião do sucedido no passado sábado, e que respeitamos. Fácil é inferir a nossa.
Por fim, uma palavra acerca do Presidente do SLB. Que surja quanto antes uma alternativa credível, ou o Sport Lisboa e Benfica não tem Futuro.
MM

Free web page counter