\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

terça-feira, janeiro 22, 2008

Crónica de Nenhures

Hamas leaders were forced to meet by candlelight on Tuesday in the besieged Gaza Strip [Reuters]
*
O Direito a Existir
*
É infindável o sofrimento Palestiniano! Primeiro expulsos da sua Pátria, depois em Diáspora pelo Mundo, em seguida utilizados como “carne para canhão” por facções árabes, e por fim o calvário na sua própria Terra. Esta é em linhas gerais a vida de um Povo que desde praticamente a segunda metade do século XX vive a ameaça do genocídio. Por culpa dos vencedores da Segunda Guerra Mundial.
A Palestina sempre existiu na região que o Povo Palestiniano considera como sua. Tal como Israel existiu na terra onde tem o seu Estado. Todavia os Israelitas querem ocupar Terra que não lhes pertence. Porque o seu imperialismo regional assim o exige. E essa vontade imperial de Israel faz sofre o Povo Palestiniano.
Na denominada Faixa de Gaza, há dor e luto. Também fome e doença. E frio e guerra. Israel quer que aquela gente não sobreviva. Gaza está transformada num Goulag! Num campo de extermínio.
Havia dias que as fronteiras estavam fechadas, impedindo que qualquer bem de primeira necessidade chegasse àquelas gentes. Sem água potável, sem energia eléctrica, os hospitais sem poderem tratar os doentes, tudo em pleno Inverno.
Foi preciso que a Comunidade Internacional civilizada forçasse Israel a permitir que a ajuda alimentar e outra pudesse chegar àquela Terra Mártir! Hoje as crianças e os velhos, sempre os mais carenciados em situações similares, já podem sorrir um pouco. Hoje de manhã a fronteira abriu-se e deixou passar os transportes com as matérias mais prementes.
E neste tempo, o Governo fantoche da Cisjordania nada fez em defesa dos seus Irmãos Palestinianos, tal como o Presidente da Autoridade Palestiniana, um “homem de mão” quer dos israelitas, quer dos americanos.
Mas o Povo Palestiniano não esmorece na luta pela sua Pátria! Israel e a Palestina têm que coexistir lado a lado. O imperialismo judaico tem que ser denunciado e banido. A hipocrisia dos Estados Unidas da América tem que terminar. A Paz tem que voltar ao Médio-Oriente.
MM

Free web page counter