\ A VOZ PORTALEGRENSE: Desabafos

sexta-feira, novembro 23, 2007

Desabafos

Os Bispos portugueses foram a Roma ver o Papa. Bem, não foi uma visita de cortesia, mas sim uma reunião de trabalho entre o Santo Padre e os representantes máximos das dioceses de Portugal.
Na comunicação social de referência fez-se eco da insatisfação de Bento XVI perante o momento actual da Igreja Católica em Portugal. Conhecedor da realidade religiosa portuguesa, através de relatórios que periodicamente lhe são enviados, o Papa não deixou de apelar a uma Igreja mais próxima da Verdade do Evangelho, e menos preocupada pelo que é ostentoso. Há que mudar estilos e mentalidades na Igreja e nos Bispos de Portugal.
A Igreja Católica portuguesa necessita de ter mais substância e menos aparência, de uma alteração de práticas e comportamentos. A diminuição do número de casamentos, de baptismos, de afluência às missas, junto com a falta de Padres, não levou a hierarquia a tomar medidas, por risíveis que fossem, que invertessem a situação, apenas fez sentir junto dos fiéis a gravidade da diminuição dos óbolos. A par da quebra de influência na sociedade, hoje a figura do Padre está ao nível das vésperas do Concílio de Trento.
No dia a dia, os católicos sentem a ausência de valores cristãos na sociedade portuguesa. Mas também a falta de exemplos revigorantes por parte dos seus líderes espirituais. Conformismo e abstenção, ou dito de outra forma, a fuga à luta perante os desafios que se colocam como por exemplo a pobreza ou o desemprego, é o quotidiano da Igreja em Portugal.
Também Bento XVI exortou os Bispos portugueses a viverem e a fazerem viver as directrizes do Concílio Vaticano II. Mas muito dificilmente algo mudará. Todavia, se tal acontecer, será para que tudo fique na mesma!

in, Rádio Portalegre, Desabafos, 23/11/2007
Mário Casa Nova Martins

Free web page counter