\ A VOZ PORTALEGRENSE: Crónica de Nenhures

quarta-feira, novembro 28, 2007

Crónica de Nenhures

A passo de caranguejo ou nem isso
.
A Administração americana precisava como de pão para a boca de um facto político que desviasse as atenções dos americanos do problema do Iraque e do cada vez mais complicado Afeganistão, onde ainda esta semana aconteceu mais um dano colateral, isto é, o assassinato de civis por forças da NATO, curiosamente um ataque aéreo realizado por americanos. Mais um crime de guerra que ficará impune.
A Conferência de Annapolis, esse facto político contra-ciclo, que tem como objectivo por fim ao conflito entre Israel e a Palestina serviu que nem uma luva para os propósitos de George W. Bush. Excepto as intenções, nada de concreto, ou melhor, nada de novo aconteceu. De declarações de intenções está o inferno cheio, pelo que o fracasso será total.
Presente nas conversações está o actual ministro dos Negócios Estrangeiros português, Luís Amado, em virtude de Portugal presidir à União Europeia. Dele ouviu-se, como convém, declarações de circunstância, dentro do que seria de esperar de um eurocrata convicto, e nada mais.
A opinião pública americana não se confina a Washington DC ou Nova Iorque. A América profunda sente que o seu País está a perder influência no Mundo, que os seus líderes políticos estão desacreditados, que a economia está em declínio, que a moral e os princípios estão subvertidos. Que deus já não é americano!
MM

Free web page counter