\ A VOZ PORTALEGRENSE: No Ano do Centenário de Hergé

segunda-feira, setembro 24, 2007

No Ano do Centenário de Hergé

Num tempo de fundamentalismos e reducionismos, Hergé viu-se uma vez mais acusado de racismo a propósito do seu álbum «Tintin au Congo».
Os censores conseguem descobrir o “indescobrível”, mas “isso” é lá com os “Torquemadas de serviço”.
Independentemente de apenas se encontrar no primeiro volume dos «Archives Hergé» compilado «Totor, C.P. des Hannetons», o grande Valor para este modesto Tintinófilo é que nele estão as pranchas originais de «Tintin au Congo».
O certo é que não se sabe se daqui a algum tempo não vá para o Índex, logo há primeiro que ter os «Archives» e depois “escondê-los” para que os vindouros tenham acesso a esta Obra Prima!

Que Viva Hergé!
Mário

Free web page counter