\ A VOZ PORTALEGRENSE: Coimbra e o Eléctrico

sábado, setembro 22, 2007

Coimbra e o Eléctrico

Os Carros Eléctricos voltaram a circular na cidade do Porto.
Estiveram, segundo o Expresso, 27 anos fora da circulação.
Saudamos este regresso e fazemos um apelo à memória dos tempos de Coimbra em que andávamos de Eléctrico.
Começamos por dizer que chegámos a andar sem pagar… Quando ele ia muito cheio ficávamos logo na traseira e saíamos, algumas vezes em andamento, antes que o cobrador lá chegasse. Outros tempos!...
Mas chegou um tempo em que era “moda” acabar com a circulação dos Eléctricos. Coimbra não fugiu à regra e acabaram, deixando saudades.
As nossas viagens eram sempre em dois, o 4 e o 7.
Quando regressávamos de comboio à Estação Nova apanhávamos o 4, que ia até Cruz de Celas. O início da subida da rua da Manutenção Militar é bastante íngreme, e quando chovia o guarda-freio tinha que utilizar um mecanismo que consistia em deitar areia para os carris para as rodas “agarrarem”. Depois saíamos no final da António José de Almeida, descíamos a rua Augusta e chegávamos à Antero de Quental, onde vivíamos.
A linha do 7 terminava no Tovim, e utilizávamo-lo da Baixa para a Praça da República ou para a Dias da Silva, onde é Economia.
Que um dia Coimbra “recupere” os seus Eléctricos!
MM

Free web page counter