\ A VOZ PORTALEGRENSE: Guerra Civil na Palestina

terça-feira, junho 19, 2007

Guerra Civil na Palestina

Fayyad, o primeiro-ministro 'fantoche'
.
Isolados, os EUA e Israel, continuam a não compreender o Problema Palestiniano. Em vez de tentarem a Paz pela via negocial, usam a Política da Canhoeira.
O apoio que dão ao governo fantoche apoiado pela corrupta Fatah de Mahmoud Abbas e liderado por Salam Fayyad, apenas vai acicatar os Palestinianos e levar a revolta à Cisjordânia.
Ao contrário que a comunicação social ocidental faz crer, se o Hamas, o vencedor das eleições legislativas, não tivesse apoio popular, nunca teria conseguido o controlo total de Gaza.
E o silêncio dos estados Árabes é o pior sinal para a martirizada Palestina e um sério aviso para aqueles que se querem meter nos problemas internos palestinianos. Todavia, tudo isto pode não passar de uma estratégia Israel-americana, no sentido de aniquilarem toda a oposição à Fatah, movimento que lhes é submisso. Conseguindo-o, julgam ter o Problema Palestiniano resolvido, esquecendo-se das lições do Iraque.
O Médio Oriente só terá Paz se Israel aceitar as resoluções das Nações Unidas e negociar com os vizinhos árabes, pela força nunca a conseguirá. O bíblico exemplo de David e Golias é hoje representado pelo forte Israel contra o fraco mundo árabe. Ao maior poderio militar e estratégico israelita, opõe-se o querer de um Povo.
Assim, e por muitas vitórias que alcance, Israel nunca vencerá a última batalha.
MM

Free web page counter