\ A VOZ PORTALEGRENSE: Coimbra

terça-feira, junho 19, 2007

Coimbra

.
Coimbra de todos os sonhos
Das amizades e dos amores,
És doce como os medronhos
Cheiras bem como as flores.
.
Da Antero de Quental se descia
Para à Praça da República chegar,
Da Associação à querida Economia
Um tempo para sempre recordar.
.
Hoje Coimbra continua uma lição
Um amor que nunca desfalece,
Vive sempre no nosso coração
Louco sentimento que permanece!
.
Coimbra és o grande encanto
Para quem te viveu assim,
Promete que este meu canto
Nunca se afaste de mim.
m

Free web page counter