\ A VOZ PORTALEGRENSE: A Maçonaria no Distrito de Portalegre

sábado, maio 26, 2007

A Maçonaria no Distrito de Portalegre

Decorreu esta tarde na antiga igreja do jesuítico Colégio de São Sebastião, hoje transformada em auditório municipal, a apresentação do livro de António Ventura, «A Maçonaria no Distrito de Portalegre (1903-1935)», da responsabilidade editorial da Caleidoscópio.
Professor Catedrático do Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, António Ventura apresenta nesta obra os nomes que foi possível identificar e faz as suas possíveis biografias de maçons ligados por nascença ou por actividade profissional a este Distrito do Alto Alentejo.
Não iremos fazer uma análise ao livro, que há pouco tivemos o prazer de ver autografado pelo Autor, porque contamos fazê-la no próximo número da revista Plátano.
Contudo para que se saiba da importância histórica da Obra, transcrevemos o parágrafo que está na contra-capa:
_ «Este livro estuda a actividade maçónica no Distrito de Portalegre desde o século XVIII, com maior detalhe entre 1903 e 1935. Para além de referência a Lojas anteriores e aos seus membros conhecidos, estuda minuciosamente as Oficinas existentes no Distrito de Portalegre durante o século XX - Lojas e Triângulos -, vinculadas ao Grande Oriente Lusitano Unido, ao Grémio Luso-Escocês, ao Direito Humano e ao Soberano Grande Conselho Geral Ibérico, com os seus respectivos quadros e biografias dos seus efectivos. Refere ainda, os naturais do Distrito que pertenceram a Oficinas noutros pontos do país e do Ultramar. No total, a obra inclui cerca de três centenas de biografias.»
MM
Colégio de São Sebastião

Free web page counter