\ A VOZ PORTALEGRENSE: O 'português' Jorge Luís Borges

quinta-feira, maio 24, 2007

O 'português' Jorge Luís Borges

Jorge Luís Borges nasceu em Buenos Aires a 24 de Agosto de 1899, e faleceu em Genebra em 14 de Junho de 1986, cidade onde ficou sepultado, por opção pessoal.
Segundo um estudo de António Andrade, Jorge Luís Borges tem ascendência portuguesa. O bisavô de Borges, Francisco, terá nascido em Portugal em 1770, e vivido na localidade de Torre de Moncorvo, situada no norte de Portugal, antes de emigrar para Argentina onde terá casado com Cármen Lafinur.
.
OS BORGES
.
Bem pouco ou nada sei dos meus maiores
Portugueses, os Borges: vaga gente
Que prossegue em minha carne obscuramente,
Seus hábitos, rigores e temores.
Ténues como se não tivessem sido
E alheios aos trâmites da arte,
Indecifravelmente formam parte
Do tempo e da terra e do olvido.
Melhor assim. Cumprida a sua faina
São Portugal, são a famosa gente
Que forçou as muralhas do Oriente
E deu-se ao mar e ao outro mar de areia.
São o rei que no místico deserto
Se perdeu e o que jura que não está morto.
.
A LUÍS DE CAMÕES
.
Sem lástima e sem ira o tempo arromba
As heróicas espadas. Pobre e triste
À tua pátria nostálgica voltaste,
Ó capitão, para nela morrer
E com ela. No mágico deserto
Tinha-se a flor de Portugal perdido
E o áspero espanhol, antes vencido,
Ameaçava o seu costado aberto.
Quero saber se aquém da ribeira
Última compreendeste humildemente
Que tudo o perdido, o Ocidente
E o Oriente, o aço e a bandeira,
Perduraria (alheio a toda a humana
Mutação) na tua Eneida lusitana.
Tradução de Miguel Tamen,
revista por Luísa Costa Gomes e Juan Carlos Vazquez
in, O FAZEDOR, Difel, pgs. 99 e 101

Free web page counter